Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 23 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

MS prevê imunizar 24,7 milhões de bovinos contra aftosa

2 Mai 2007 - 08h12
 

O governo do Estado lança hoje, a partir das 9h30, na Embrapa Gado de Corte, a primeira etapa de vacinação contra febre aftosa do ano. Nessa fase, todo o rebanho, cerca de 24,7 milhões de bovinos e bubalinos, deve ser imunizado.

No planalto, a campanha acontece de 2 a 30 de maio. Já no Pantanal, o prazo se estende até 15 de junho. Em ambos os casos, os pecuaristas terão mais 15 dias para efetuar a declaração da vacinação.

Na oportunidade, também vai ser efetivado o novo Sistema de Atenção Animal da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), com a implantação da GTA Fácil, em substituição ao antigo modelo de gerenciamento de dados do órgão.

A partir desse novo programa, haverá uma integração simultânea dos escritórios locais e regionais da Iagro, em todo o Estado, por meio de circuito de comunicação "frame-relay” possibilitando, por exemplo, a emissão de GTA (Guia de Transporte Animal) em qualquer escritório da Iagro, independente de onde seja controlado o movimento da fazenda.

O novo sistema vai garantir uma melhor gestão das atividades voltadas à sanidade animal e vegetal pela Iagro e, além disso, possibilita a implementação de ações voltadas a atender o produtor rural em suas demandas, através de liberação de informações e serviços na WEB, tais como: consultas cadastrais, emissão de extratos, emissão de guias de recolhimento, solicitação prévia de emissão de GTA e confirmação de comprar pelo destinatário (nesse caso os produtores terão acesso à senha particular e/ou certificação digital).

No caso da raiva bovina, a imunização é obrigatória em todo o rebanho, de mamando a caducando, nos municípios de Aquidauana, Anastácio, Corumbá, Miranda, Bonito, Coxim, Bodoquena, Corguinho, Rio Verde, Rio Negro, Jardim, Caracol, Porto Murtinho, Bela Vista, e ainda nos municípios considerados como área de risco, assim como aqueles situados próximos às serras – locais propícios ao aparecimento de morcegos hematófagos (que se alimentam de sangue).

Nesse caso, a vacinação se procede anualmente, sendo aplicada uma dose, em adultos, e dose dupla, no caso dos bezerros.

Já no caso da brucelose, a vacinação ocorre apenas entre as fêmeas bovinas e bubalinas, de 3 a 8 meses de idade, uma única vez na vida.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção