Menu
CÂMARA VICENTINA OUTUBRO 2019
terça, 22 de outubro de 2019
CACAU SHOW FÁTIMA DO SUL 0
Busca
CIA DO BICHO
Brasil

MS prevê imunizar 24,7 milhões de bovinos contra aftosa

2 Mai 2007 - 08h12
 

O governo do Estado lança hoje, a partir das 9h30, na Embrapa Gado de Corte, a primeira etapa de vacinação contra febre aftosa do ano. Nessa fase, todo o rebanho, cerca de 24,7 milhões de bovinos e bubalinos, deve ser imunizado.

No planalto, a campanha acontece de 2 a 30 de maio. Já no Pantanal, o prazo se estende até 15 de junho. Em ambos os casos, os pecuaristas terão mais 15 dias para efetuar a declaração da vacinação.

Na oportunidade, também vai ser efetivado o novo Sistema de Atenção Animal da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), com a implantação da GTA Fácil, em substituição ao antigo modelo de gerenciamento de dados do órgão.

A partir desse novo programa, haverá uma integração simultânea dos escritórios locais e regionais da Iagro, em todo o Estado, por meio de circuito de comunicação "frame-relay” possibilitando, por exemplo, a emissão de GTA (Guia de Transporte Animal) em qualquer escritório da Iagro, independente de onde seja controlado o movimento da fazenda.

O novo sistema vai garantir uma melhor gestão das atividades voltadas à sanidade animal e vegetal pela Iagro e, além disso, possibilita a implementação de ações voltadas a atender o produtor rural em suas demandas, através de liberação de informações e serviços na WEB, tais como: consultas cadastrais, emissão de extratos, emissão de guias de recolhimento, solicitação prévia de emissão de GTA e confirmação de comprar pelo destinatário (nesse caso os produtores terão acesso à senha particular e/ou certificação digital).

No caso da raiva bovina, a imunização é obrigatória em todo o rebanho, de mamando a caducando, nos municípios de Aquidauana, Anastácio, Corumbá, Miranda, Bonito, Coxim, Bodoquena, Corguinho, Rio Verde, Rio Negro, Jardim, Caracol, Porto Murtinho, Bela Vista, e ainda nos municípios considerados como área de risco, assim como aqueles situados próximos às serras – locais propícios ao aparecimento de morcegos hematófagos (que se alimentam de sangue).

Nesse caso, a vacinação se procede anualmente, sendo aplicada uma dose, em adultos, e dose dupla, no caso dos bezerros.

Já no caso da brucelose, a vacinação ocorre apenas entre as fêmeas bovinas e bubalinas, de 3 a 8 meses de idade, uma única vez na vida.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALVO DA CPI
"Relógios da Energisa marcam 40% a mais que consumo real", diz técnico do IPEM
CAMPO BELO RESORT - ESCOLAS NO PARAÍSO
Alô Escolas, organizem suas caravanas e bora para o Campo Belo Resort, Confira
SUSTO
Homem explode quintal ao tentar matar baratas no Paraná. VEJA O VÍDEO
CRIMINOSOS
Bandidos matam rapaz, invadem igreja e roubam veículo
ABUSO SEXUAL
Adolescente foge de casa após ser estuprada várias vezes por padrasto
NOVELA GLOBAL
Josiane apanha e perde um dente na cadeia em 'A dona do pedaço'
FENOMENO DA NATUREZA
Chuva de meteoros cruza o céu na madrugada desta terça-feira (22)
FAMOSOS
Vítima de gordofobia, Cleo expõe parte mínima do corpo em clique sexy
ENEM 2019
Veja 13 temas de redação que podem cair no Enem 2019
TRAGÉDIA NA 2ª FEIRA
Acidente entre três veículos deixa um morto e dois em estado grave