Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 27 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

MS pode exportar US$ 1 milhão de dólares para a África

28 Jul 2007 - 09h31

Técnicos da missão que levou produtos de Mato Grosso do Sul para a 24ª Edição da Feira Internacional de Luanda (Filda 2007), em Angola, projetam exportações de até US$ 1 milhão ao mercado africano. A projeção foi feita durante balanço da balanço da participação do Estado em reunião na Casa da Indústria. Segundo os técnicos, o primeiro contado com importadores africanos superou as expectativas. Nos próximos 90 dias empresários de vários setores podem fechar negócios entre US$ 500 mil e US$ 1 milhão.

Segundo a consultora Cristina Barros, “Angola é um país que, após 26 anos de guerra civil, tem uma série de necessidades começando com alimentos já que precisa importar 90% de tudo que consome“. Ela também ressaltou que o país tem um potencial de crescimento, para este ano, de 35,3% principalmente devido à produção de petróleo, com 135 milhões de barril/dia, e diamantes.

FEIRA

Mato Grosso do Sul, que esteve no estande do Brasil, teve a segunda maior participação na Filda, só perdendo para Portugal, e foi representado por sete empresas sendo a Produtos D'Avó, Divino Sapore, Semalo e Imbaúba, do setor alimentício; Ponto G Moda Íntima e Di Classe Indústria de Lingerie, ambas do setor de vestuário; Peon, do setor metalúrgico e pelo Sindical – Sindicato das Indústrias de Calçados, cinco empresas do ramo calçadista, sendo elas a Calçados Indubrasil, Casa do Militar, Sun Fish, Calçados Santana e Camargo e Cia.

As indústrias têm apoio da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/MS). O presidente da Fiems, Sérgio Longen, espera que, a partir de agora, cada empresário dê seqüência a essa primeira missão empresarial realizada em sua gestão e já pré-agendou um reunião para, no máximo, daqui a quatro meses, para saber dos resultados no que se refere aos contatos com os empresários de Angola e as exportações efetivadas.

Contatos

Na missão empresarial, a consultora Cristina Barros realizou contatos com os três maiores distribuidores de Angola. Milete, que distribui para 47 mini-mercados locais, Xayevalas que vende à varejo para, aproximadamente, cinco mil ambulantes, que são conhecidos como zungueiras e a Emaxicom que já representa diversas indústrias brasileiras como a Garoto, Arisco, Havaianas, Friboi, entre outras.

Alimentos, construção civil, vestuário e acessórios foram os segmentos mais procurados e, neste primeiro contato, os produtos sul-mato-grossenses que mais interressaram foram, na área de alimentação, carnes (bovina, suína, de ovelha e pescados em geral), leite longa vida, macarrão, batata frita e salgadinhos. Na construção civil, a prioridade do governo angolano que possui um programa de reconstrução nacional, as necessidades estão em pré-moldados, pisos, tijolos e telhas em cerâmica e painel solar para geração de energia. Fardamento, calçados e acessórios de uso militar, uniformes esportivos, lingeries e acessórios em couro.

A expectativa da Apex-Brasil, que organizou a participação das empresas brasileiras no evento, pelo quinto ano consecutivo, é de gerar negócios da ordem de US$ 11 milhões. A Filda é a principal feira de caráter multissetorial da região do sudoeste africano e contou com a participação de 609 expositores de 27 países. O Brasil foi o segundo maior pavilhão com 70 expositores.

 

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
Sucuri ataca bombeiro durante resgate em SP; assista!
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda