Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

MS investe R$ 13 milhões em novo sistema de identificação

10 Jul 2010 - 06h01Por Conjuntura Online

O sistema de identificação civil e criminal do Estado será modernizado através de convênio com a empresa American Banknote.

O investimento de R$ 13.389.300,00 será repassado para a empresa contratada dentro do período de 60 meses relativo ao tempo de vigência do contrato. O recurso corresponde ao valor unitário de 9.500 cédulas de identidade confeccionadas a cada mês em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o coordenador do Instituto de Identificação, perito papiloscopista Celso José de Souza, todo o material empregado para a implantação do novo sistema de coleta e armazenamento de dados civis e criminais de forma totalmente digitalizada será disponibilizado pela empresa vencedora da licitação.

“O material será utilizado no Estado e somente após o primeiro mês de implantação do novo sistema o Estado pagará a primeira parcela da contratação", diz.

Assim, o governo do Estado não aplica nenhum investimento até a completa instalação do sistema adquirido. “E isso sem nenhuma adição de custo para a população que busca o serviço do Instituto de Identificação”, ressalta o coordenador.

Conforme levantamento do Instituto, as 9.500 cédulas de identidade confeccionadas a cada mês equivalem a um custo de R$ 233.155,00. “Toda a arrecadação da cobrança feita para a confecção das identidades é enviado diretamente para o caixa único da Secretaria de Estado de Fazenda”, explica Celso.

A forma de arrecadação continua sendo a mesma, porém agora o Estado passa a pagar as parcelas do convênio correspondente a implantação do sistema Afis (Sistema de Identificação Automatizada de Impressões Digitais).

O novo sistema vai possibilitar, além da produção gráfica de RGs, também a emissão eletrônica de espelhos de documentos oficiais de identificação em um único ambiente seguro; implanta o sistema de cadastramento civil e criminal para captura ao vivo de assinatura, fotografia e impressões digitais com uso de pesquisa biométrica em 15 postos de atendimento civil on-line distribuídos pelo Estado.

Inicialmente será implantado o novo sistema no posto de identificação central de Campo Grande, nos três Práticos espalhados pela Capital (Guaicurus, General Osório e Aero Rancho) e o restante nas regionais do interior de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico