Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 17 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

MS contribui com 60% da droga consumida no Brasil

23 Ago 2004 - 07h34
Depois de ter sido apontado pela CPI do Narcotráfico em 2000 como rota de entrada de 60% da droga consumida no País e de abrigar em seu território megaconsórcios de traficantes – entres eles o de Fernandinho Beira-Mar e o da família Morel –, Mato Grosso do Sul acaba de receber mais um título negativo: o de ser a principal porta de entrada do contrabando de cigarro do Paraguai.

“No Brasil, o contrabando e o descaminho têm atualmente quatro portas de entrada – todas na fronteira com o Paraguai. A principal delas está entre as cidades de Ponta Porã (MS) e Pedro Juan Caballero (PAR), que é uma fronteira seca, vulnerável, de 600 quilômetros de extensão”, declara o relator da CPI da Pirataria, deputado Josias Quintal (PMDB-RJ), cujos trabalhos foram concluídos no início deste mês.

 

 

Correio do Estado



Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'