Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

MS articula intercâmbio sociocultural com grupo italiano

13 Abr 2007 - 04h12
Representantes do grupo de Voluntários da Operação Mato Grosso (OMG), de Turim, capital regional do Estado de Piemonte (Itália), mantiveram contatos  com o governador André Puccinelli, em seu gabinete no Parque dos Poderes, no fim da manhã desta quinta-feira (12), ocasião em que discutiram articulações de intercâmbio sociocultural entre os estados de Mato Grosso do Sul e Piemonte, da comunidade italiana local com instituições similares em São Paulo e na região do estado italiano, bem como a aleboração de uma Carta de Intenções entre Mato grosso do Sul e o grupo Operação Mato Grosso.
 
 
De acordo com o fundador e responsável pelo grupo OMG, padre Aldo Rabino, há 38 anos o grupo atua concretamente em Campo Grande e desde 1996, em Corumbá – cidade localizada na região oeste do Estado. “Com a Carta de Intenções queremos estreitar os laços já existentes para expandir e fortalecer o projeto, não só na Capital, mas nos dois Estados. O governador já nos apoiou quando era prefeito e temos certeza de contar com seu aval”, afirmou.
 
O trabalho do grupo é reunir estudantes italianos, no período das férias escolares, e trazê-los para realizar atividades sócio-culturais e interagir com jovens carentes. No período de um mês – geralmente agosto –, esses jovens são assistidos no Hospital São Julião e na Salesianos Ampare (em Campo Grande) e em uma Casa de Amparo à Criança, em Corumbá.
 
A OMG oferece aulas de basquete, vôlei e uma hora de aprendizagem do idioma italiano. O almoço para as crianças também é ofertado pelo grupo. Para Puccinelli, “estas ações abrem a possibilidade da realização de projetos em conjunto na área da cultura, turismo e esporte, beneficiando os Estados em âmbito internacional”.
 
Também participaram da visita o presidente do grupo Etruria: cooperativa e empresa de construção civil hospitalar Armando Vanni e esposa; a arquiteta do grupo Etruria, Maria Chiara Ambrozini; o representante do grupo OMG, Franco Cumino; o voluntário do OMG desde 1974, em Campo Grade, Lino Pellizzer; o diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Américo Calheiros, e a gerente de divisão cultural da Fundação de Cultura/MS, Lenilde Ramos.

 

 

Notícias.ms


Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico