Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de outubro de 2019
CACAU SHOW FÁTIMA DO SUL 0
Busca
CANTINA BAH
Brasil

MPE pede o afastamento do prefeito de Naviraí

20 Abr 2007 - 07h30

O MPE (Ministério Público Estadual) ajuizou hoje ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o prefeito de Naviraí, Zelmo de Brida (PR), reeleito em 2004. Na ação, que se baseia em relatórios que apontam improbidade administrativa em razão de uma licitação supostamente conduzida de forma a beneficiar  empresa de propriedade do ex-chefe de gabinete da Prefeitura na administração anterior, Abdul Rahmen Selem.

O MPE pede o afastamento provisório do prefeito, dos atuais gerentes de finanças (Nério Vicente de Brida, também Assessor Jurídico da Prefeitura) e de gabinete (Gilberto Pimpinatti, ex-professor e diretor de escola); Marcos Ricco Santelli, Adilson Nunes Jardim e Ramão Derlan de Souza (todos integrantes da Comissão Permanente de Licitação).

Segundo denúncias recebidas pelo MPE, a prefeitura determinou a abertura de um procedimento licitatório para contratação de serviços de publicidade, mas como a empresa do ex-chefe de gabinete do prefeito anterior não foi a vencedora, referido certame foi anulado, abrindo-se nova licitação cujo edital havia sido dirigido para que a empresa A.R.Selem Júnior fosse a vencedora.

O dirigismo da licitação restou demonstrado pois se exigiu que a empresa vencedora tivesse uma filial no município de Naviraí, o que inviabilizou a concorrência de outras empresas que não tenham sede na cidade. A empresa foi criada dois meses antes da licitação, com o intuito exclusivo de participar do processo licitatório, sendo que o objeto deste era contratar uma empresa especializada na área de comunicação e publicidade, restando evidente a irregularidade apontada, já que o único cliente da referida empresa era a Prefeitura Municipal de Naviraí, não podendo a mesma ostentar o título de especializada.

O MPE apurou que a empresa está registrada em nome de Abdul R. Selem Júnior, porém quem administrava a firma era seu pai Abdul R. Selem, que havia sido recentemente exonerado do cargo que exercia na prefeitura.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALVO DA CPI
"Relógios da Energisa marcam 40% a mais que consumo real", diz técnico do IPEM
CAMPO BELO RESORT - ESCOLAS NO PARAÍSO
Alô Escolas, organizem suas caravanas e bora para o Campo Belo Resort, Confira
SUSTO
Homem explode quintal ao tentar matar baratas no Paraná. VEJA O VÍDEO
CRIMINOSOS
Bandidos matam rapaz, invadem igreja e roubam veículo
ABUSO SEXUAL
Adolescente foge de casa após ser estuprada várias vezes por padrasto
NOVELA GLOBAL
Josiane apanha e perde um dente na cadeia em 'A dona do pedaço'
FENOMENO DA NATUREZA
Chuva de meteoros cruza o céu na madrugada desta terça-feira (22)
FAMOSOS
Vítima de gordofobia, Cleo expõe parte mínima do corpo em clique sexy
ENEM 2019
Veja 13 temas de redação que podem cair no Enem 2019
TRAGÉDIA NA 2ª FEIRA
Acidente entre três veículos deixa um morto e dois em estado grave