Menu
SADER_FULL
segunda, 15 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

MPE investiga participação de vereadores de Cassilândia

3 Mai 2007 - 04h36
O promotor de Justiça Fábio Goldfinger, integrante da força-tarefa que investiga irregularidades na Prefeitura Municipal de Cassilândia, afirmou hoje durante entrevista à Rádio Patriarca no município, que alguns vereadores da Câmara Municipal de Cassilândia serão investigados na segunda fase da “Operação Judas”, que prendeu diversos servidores municipais acusados de peculato (apropriação de dinheiro público), lavagem de dinheiro (uso de verba pública para aquisição de bens) e formação de quadrilha.

Segundo o promotor, alguns vereadores da Câmara Municipal de Cassilândia foram citados durante os depoimentos de alguns acusados. “Es investigação ficará para uma segunda fase”, informou o promotor, que não quis revelar o teor destas citações. Na entrevista Goldfinger revelou que as apurações estão se encerrando e os promotores estão preparando as ações pertinentes, para que sejam distribuídas até o fim desta semana ou início da semana que vem. “A parte policial também está se encerrando em grande parte. Daí serão tomadas as providências pelos promotores no aspecto criminal. Há ainda algumas coisas a serem investigadas. Poderão surgir novos fatos, que merecerão apuração”.

O promotor salientou que será realizada uma auditoria na Prefeitura, promovida pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado). O promotor explicou que caso seja levantada alguma irregularidade, as providências serão tomadas. Lembrou que também fatos menores serão acompanhados pela Força-Tarefa, formada no início das investigações da “Operação Judas” e que somente será desfeita quando tudo tiver sido investigado.

Crimes

De acordo com Goldfinger, os envolvidos deverão ser indiciados pelos crimes de peculato (apropriação de dinheiro público), lavagem de dinheiro (uso de verba pública para aquisição de bens), formação de quadrilha (por ter um esquema com diversas pessoas envolvidas para a apropriação do dinheiro público). O promotor também ressaltou que os fornecedores envolvidos no esquema ilícito poderão responder por crimes contra a ordem tributária, comprovando a sonegação de impostos, informação falsa passada ao fisco e agiotagem, o que a lei veda.

Sobre o afastamento do prefeito de Cassilândia José Donizete Ferreira de Freitas (PT) e do vice Sebastião Pereira da Silva (PSB), conhecido como “Tião da Marieta”, o promotor relatou que segundo o que já foi apurado até o momento, Donizete “tem envolvimento na medida em que ele também teria se apropriado de dinheiro para beneficio próprio e para benefício de terceiros” informou. Conforme Goldfinger, as investigações apontam que houve improbidade administrativa por parte do prefeito, que ainda não foi ouvido na primeira fase do inquérito, mas deve ser ouvido ainda nesta semana.

Combustíveis

Como a investigação de irregularidades na Prefeitura de Cassilândia teve início com a denúncia sobre o alto consumo de combustíveis, Goldfinger alegou que “está sendo realizada uma auditoria nos postos de combustíveis. A fiscalização esteve em todos os postos de combustíveis na cidade e não só do Auto Posto Petrobras, que estava sendo investigado e que desencadeou a investigação”.

De acordo com o promotor, está sendo aguardada a documentação da Secretaria de Fazenda Estadual que será remetida ao MPE para tomar as providências. “O levantamento é desde 2005 e são muitos documentos. Há indícios de que não teria havido entrega de combustíveis”, disse Fábio Goldfinger em entrevista na manhã de hoje.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo
REVISTA VEJA
Pesquisa: Bolsonaro tem 54% dos votos válidos; Haddad, 46%
A FAZENDA
Fazendeiro Evandro Santo gera nova punição
COPA DO BRASIL
Corinthians promete maior prêmio de sua história por título