Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

MP questiona anúncio de cerveja por suposta ofensa a argentinos

23 Jun 2010 - 05h18Por G1

O Ministério Público Federal de Minas Gerais recomendou à AmBev retirar do ar uma campanha publicitária da cerveja Skol que ofenderia os cidadãos argentinos. Na peça publicitária, um homem, vestido com a camisa da seleção argentina de futebol, ao abrir uma lata de cerveja, é por ela chamado de “maricón”.

Segundo o MP, a recomendação para suspender a campanha foi feita por um cidadão argentino residente em Belo Horizonte, “para quem a campanha teria nítido conteúdo ofensivo e discriminatório”.

“De acordo com a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), de fato, a propaganda da Skol possui duplo caráter discriminatório, tanto em relação à nacionalidade quanto por seu caráter homofóbico, já que o termo ‘maricón’, ‘também no léxico hispânico, significa maricas, homem efeminado, aquele que é homossexual, medroso, covarde’”, diz o MP em nota.

Procurada pelo G1, no entanto, a AmBev informou que a campanha em questão já havia sido encerrada antes da recomendação do MP.

O Ministério Público informou que abriu inquérito para apurar o assunto. Além da recomendação para suspender o anúncio, o MP também pediu a suspensão das latas com a expressão mencionada e pediu ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) que avalie o assunto e tome as medidas cabíveis.

O G1 procurou o Conar para falar sobre o assunto, mas não conseguiu contato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 19
Vanderson é eliminado e vai prestar depoimentos sobre casos de agressão
INVESTIGAÇÃO
Mourão volta a dizer que é preciso investigar Flávio Bolsonaro e punir se for o caso
HEROI
Porteiro ganha homenagem: salvou criança de 3 anos que caiu na piscina (VIDEO)
FAMOSIDADES
Aos 67 anos, Amado Batista assume namoro com jovem de 19 anos de idade
LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes