Menu
SADER_FULL
sexta, 26 de abril de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

MP contesta liberação de verbas em período pré-eleitoral

5 Jul 2004 - 15h09

O subprocurador-geral da República Mário José Gisi contestou o parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) que permite a liberação de recursos para obras e serviços não iniciados nos três meses que antecedem as eleições municipais.

O parecer do subprocurador, aprovado pelo do vice-procurador-geral eleitoral, Roberto Monteiro Gurgel, foi enviado Tribunal Superior Eleitoral na última sexta-feira (2/7), em resposta à Consulta 1.062, formulada pelo deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB/PR). O ministro Carlos Velloso é relator do processo no TSE.

Segundo informações da Procuradoria-Geral da República, o Ministério Público Eleitoral entende que o parecer da AGU viola o artigo 73, VI, “a”, da Lei 9.504/97. O dispositivo proíbe aos agentes públicos “realizar transferência voluntária de recursos da União ao estados e municípios, e dos estados aos municípios, sob pena de nulidade de pleno direito, ressalvados os recursos destinados a cumprir obrigação formal preexistente para execução de obra ou serviço em andamento e com cronograma pré-fixado, e os destinados a atender situações de emergência e de calamidade pública”.

De acordo com o parecer, o TSE seguiu o mesmo entendimento, por meio da Resolução 20.410/98, quando apreciou a questão. O subprocurador-geral conclui que “o tão só posicionamento liberalizante de verbas em período vedado por lei está a merecer o conhecimento da presente consulta e sua resposta negativa para prevenir eventuais equívocos de interpretação, passíveis de quebra do princípio isonômico que deve presidir o embate eleitoral”.

 

 

Consultor Jurídico

Deixe seu Comentário

Leia Também

TOCAIA
Mulher é chamada pelo nome e ao atender leva vários tiros
100 EDUCAÇÃO
Revoltada, mãe denuncia que criança voltou da creche com cocô amarrado em mochila
MEGA SENA
Mega-Sena segue acumulada e prêmio chega a R$ 105 MILHÕES
100 MUDAR HORÁRIO
Bolsonaro assina decreto que encerra com o horário de verão
FAMOSIDADES
Xuxa mostra vídeo de seu cabelo sendo raspado pela filha, Sasha
SEGUNDA EMBOSCADA
Empresário de Distribuidora de Bebidas é atingido por 24 tiros e sobrevive
DUPLO ASSASSINATO
Em trama diabólica Homem matou casal de irmãos para receber seguro de vida da ex-mulher
ACUMULOU
Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio vai a R$ 105 milhões
FAMOSIDADES
Fim do mistério!Namorado de Maria Melilo é empresário,75 anos e patrimônio de R$ 200 milhões
CRUELDADE
Após assalto, idosa de 81 anos espancada por bandidos, morre