Menu
SADER_FULL
terça, 23 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

MP acusa governador do Ceará de nepotismo

18 Abr 2007 - 13h12

Os promotores de justiça Romério Landim e Carmelita Sales, do Ministério Público do Estado do Ceará entraram, ontem à tarde, na 6ª Vara da Fazenda Pública, com uma ação civil pública contra o governador Cid Gomes (PSB) e seu irmão Ivo Gomes sob o argumento de que a nomeação de Ivo para o cargo de chefe de gabinete no governo cearense configura prática de nepotismo.

O G1 procurou a assessoria de imprensa do governador, que informou que Cid Gomes ainda não foi notificado oficialmente e, portanto, não se pronunciará. Segundo a assessoria, assim que houver a notificação oficial, o governador se posicionará sobre a denúncia

A ação do MP pede o imediato afastamento de Ivo Gomes da chefia de gabinete, por meio de liminar judicial, e a declaração de nulidade do ato de nomeação. Se o juiz deferir liminar, Ivo terá de se afastar do cargo e voltar a assumir seu mandato como deputado estadual enquanto aguarda o julgamento do processo.

O MP também exigirá da presidência da Assembléia Legislativa cearense e dos presidentes dos tribunais de Contas do Estado (TCE) e dos Municípios (TCM) informações sobre a existência de nomeação de parentes no corpo de funcionários dessas instituições, sob pena dos órgãos incidirem em crime de Improbidade. O prazo é de 15 dias.

 
 
 
G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIENCIA
A estranha imagem 'que se move' e intriga a internet
DOURADOS - UNIPAR EAD
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
ASSALTO A ONIBUS
Bandidos fortemente armados roubam três ônibus de turismo na BR-116
ACIDENTE FATAL
Mulher morre após colidir e capotar carro; veja vídeo
EMBRIAGADO
Condutor bêbado atropela duas crianças na calçada; menina de 7 anos morreu
NOVELA GLOBAL
'Minha mãe me usou, me prostituiu', lamenta Karola em 'Segundo sol'
SERÁ?
Bolsonora se assume candidato a ditador e oferece aos opositores a cadeia ou o exílio
DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos