Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 17 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Motos terão que usar placa traseira com película refletiva

12 Abr 2007 - 13h59
Nova regra do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que entra em vigor a partir de 1º de agosto, obriga os veículos de duas ou três rodas a utilizar placa traseira de identificação com película refletiva. O objetivo da medida é garantir mais segurança no trânsito. Atualmente, só no Distrito Federal, a frota de motos chega a de 8,4% do total de veículos, o que representa 74 mil motos, e esse número só faz crescer.

Os motoboys estão tomando conta das ruas do Distrito Federal, o aumento do número de motocicletas quase triplicou desde o ano 2000, hoje são quase 25 mil deles. O número de acidentes envolvendo motociclistas também cresceu. Em 2006, foram registrados 87 acidentes fatais, um aumento de 3,6% em relação ao ano anterior.

“O trânsito está muito violento e o fluxo de carros aumentou muito. Os motoristas não respeitam os motoqueiros”, conta o motoboy Eduardo Pereira.

 

 Profissão perigosa

A falta de segurança e a imprudência de motoristas e motociclistas são as principais causas do aumento no número de acidentes com motos. Para diminuir esses índices, o Contran publicou a resolução que obriga o uso de placas com películas reflexivas. O texto estabelece que os veículos do tipo motocicleta, motoneta, ciclomotor e triciclo ficam obrigados a utilizar a nova placa traseira. O prazo para a substituição pelos novos modelos é 1º de agosto.

O presidente do Sindicato dos Motoboys, Reivaldo Alves, acredita que a medida não vai garantir mais segurança no trânsito. “O que tem que ser feito pelo Contran, junto com o governo local e governo federal, é uma campanha educativa para evitar os acidentes de trânsito. Os motoristas devem ter curso de pilotagem e primeiros socorros. Temos que educar o motociclista. Não há como puni-los tirando mais do bolso deles.”, diz.

 

 

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

CANCELAMENTO DE BOLSA FAMILIA EM 2019
Governo federal cancelou 1,3 milhão de benefícios do Bolsa Família em 2019 por irregularidades
CELULAR
Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos
A CASA CAIU
Mulher acha que marido morreu, busca detetive e descobre traição: 'Agora é ex'
LUTO - IASD
Morre primeiro líder máster de desbravadores investido no Brasil
OVNI OU SATÉLITE?
Objetos não identificados no céu chamam a atenção de moradores
SANGUE FRIO
Homem mata desafeto e continua vendendo picolé nas ruas da cidade
PERIGO DA NARGUILÉ
Jovem contrai doença após fumar narguilé e alerta: 'Abandonem essa porcaria'
100 CULTURA
Escola joga pela janela livros que recebeu como doação
EMPREGADO
Jovem que salvou criança de ataque de pitbull consegue emprego
DINHEIRO NA PRAÇA
Começa hoje o pagamento de abono salarial do PIS-Pasep