SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 23 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
29 de Dezembro de 2004 06h50

Mortos na Ásia superam 64 mil e epidemia ameaça

O número de mortos no sudeste da Ásia, devido aos terremotos e maremotos do último domingo, já supera os 64 mil, segundo os últimos balanços divulgados. No entanto, especialistas afirmam que este número pode dobrar com a disseminação de doenças, relacionadas principalmente com a contaminação da água.

A cifra total pode chegar a 76 mil mortos, se forem confirmados os prognósticos das autoridades em Sri Lanka, Indonésia e Tailândia. Somente na Indonésia, a lista de mortos atingiu a marca de 35,5 mil, segundo o porta-voz do governo. Enquanto equipes de resgate se aventuram em áreas que estiveram isoladas nos últimos três dias, a Organização das Nações Unidas (ONU) mobiliza aquela que está sendo chamada de a maior operação de ajuda humanitária de sua história.

Epidemia
Outra ameaça paira sobre a Ásia, já que a disseminação de doenças poderá matar o mesmo número de pessoas que morreram por causa das águas, segundo David Nabarro, uma das altas autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS).

"Certamente há uma chance de que tenhamos o mesmo número de pessoas morrendo de doenças contagiosas quanto as que morreram pela tsunami", disse.

Um alto funcionário da Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional (Usaid), Andrew Natsios, advertiu para o risco de epidemias, especialmente de cólera. "Estamos preocupados porque, em todo tsunami, as ondas destroem e misturam os sistemas de esgoto e água potável", disse à rede de televisão CNN.

"Como conseqüência disto, o único tipo de água que a população bebe está contaminada, o que representa um alto risco de cólera e outras doenças contagiosas que podem desencadear epidemias".

Balanço
Confira os últimos dados por países:

Sri Lanka: 21 mil mortos, a maioria nas regiões orientais, segundo o Ministério de Serviços Sociais. Acredita-se que o número total de mortos possa ser de 25 mil.

Índia: 9.396 mortos, segundo a agência PTI. Os dados incluem as cinco mil vítimas que se calcula que morreram nas ilhas de Andaman e Nicobar.

Indonésia: 32.428 mortos, segundo o Ministério de Assuntos Sociais. O vice-presidente, Jusuf Kalla, disse que prevê que o número total chegue a 40 mil.

Tailândia: 1.516 mortos, segundo as últimas cifras do Ministério do Interior. Deles, pelo menos 700 são turistas estrangeiros.

Malásia: 65 mortos nos estados de Penang, Kedah, Perak e em Selangor. Há seis desaparecidos e 183 feridos. Maldivas: 43 mortos, segundo fontes da Cruz Vermelha.

Mianmar (Birmânia): pelo menos 90 mortos, de acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Bangladesh: dois mortos.

Somália: 38 mortos por causa das ondas gigantes que alcançaram suas costas, embora fontes oficiais falam de centenas de mortos.

Tanzânia: pelo menos dez mortos, segundo a polícia.

Quênia: Um morto.

 

Terra Redação

Comentários
Veja Também
REINO_MATRÍCULAS_2017
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Nossa_Lojas
Últimas Notícias
  
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.