Menu
SADER_FULL
sábado, 24 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Moradores se revezam para manter bloqueio em Panambi

28 Ago 2007 - 10h45

Apesar do frio, moradores e produtores rurais do distrito de Panambi, no município de Dourados, se revezam para manter a barreira no Travessão da Figueira e impedir o tráfego de caminhões e carretas que entram no distrito para cortar caminho pela MS-379. A Associação de Moradores improvisou uma barraca e acendeu fogueira para aquecer os voluntários que estão há oito dias protestando no local.

Segundo o produtor rural Paulo Apolinário, os manifestantes vão abrir passagem só quando as máquinas do DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes) chegarem ao distrito. "Em reunião com o prefeito Tetila, durante lançamento do asfalto em Indápolis, na semana passada, ele reforçou a promessa das obras para o Panambi. Estamos aguardando", diz Apolinário, convicto de que o bloqueio só acaba com a retomada dos trabalhos.

Os moradores estão reivindicando melhorias na rua principal, a José Francisco da Cruz, onde passa o tráfego pesado de caminhões que cortam caminho passando pelo distrito que, no caminho, deixam rastro de destruição. Os veículos de grande porte levantam poeira, danificam o asfalto e colocam em risco a vida dos cerca de 900 habitantes, além do impacto provoca rachaduras nas casas, observa Apolinário.

Durante a estiagem, a poeira que vem do lado da linha do travessão e da Rua Gumercindo Bianchi prejudica a saúde da população, diz o segurança Nilton Justino, morador na Rua Conceição Maria. Apolinário é membro da comissão de moradores que esteve reunida há dois meses com o vice-prefeito Albino Mendes, que acumula o cargo de secretário municipal de Infra-Estrutura. 

Albino disse semana passada que não há verba para obras de asfalto em Panambi, mas assegurou que vai estar no distrito esta semana em companhia do prefeito Laerte Tetila, para lançar obras de limpeza, a compactação das principais ruas e o cascalhamento em pontos críticos.

O município de Dourados já completou 72 frentes de asfalto e está aguardando R$ 9 milhões de emendas parlamentares que já passaram pelo Ministério e aguardam liberação da Caixa. Os recursos são destinados para a pavimentação em bairros como a Vila Piratininga, Nova Dourados, Jardim Universitário, entre outros.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção