Menu
SADER_FULL
terça, 19 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Moradores de rua podem ter sido mortos por policiais em SP

18 Set 2004 - 08h38
O assassinato de sete moradores de rua na cidade de São Paulo pode ser esclarecido nos próximos dias. A informação é do deputado Orlando Fantazzini (PT-SP), coordenador da comissão externa da Câmara criada para acompanhar as investigações.
O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa da capital paulista informou ao deputado que dois soldados da Polícia Militar e um vigia clandestino estariam diretamente envolvidos nos crimes. Segundo Fantazzini, os acusados prestavam serviço de proteção a traficantes de drogas, faziam segurança clandestina e extorquiam comerciantes.
O deputado não descarta o envolvimento de outras pessoas no assassinato dos moradores de rua. "O caso está centrado nessas três pessoas, mas pode ter a eventual participação de outros”, afirmou. “Os indícios e provas colhidas até agora sinalizam para grupos de segurança clandestina envolvidos com o tráfico de drogas".

As sete mortes ocorreram entre os dias 19 e 22 de agosto. Os ataques deixaram ainda oito feridos.
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo