Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 19 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Moradores confundem morte com gravação de novela

2 Jul 2010 - 10h19Por Redação Terra
Moradores da região de Jardins, na zona oeste de São Paulo, confundiram a morte de um homem com as gravações da novela "Uma Rosa com Amor", do SBT, na tarde de quinta-feira. Pedestres, motoristas e funcionários dos prédios da região do cruzamento da alameda Santos com a avenida Brigadeiro Luís Antonio acreditaram que o corpo de um homem caído na calçada fazia parte das filmagens realizadas em um edifício nas proximidades. Populares só desconfiaram do crime à noite, quando atores e diretores do SBT deixaram o local, enquanto o homem permanecia caído. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

O homem vestia terno escuro e portava dois relógios no pulso esquerdo, além de uma pistola de brinquedo. A Polícia Militar só foi acionada por volta das 20 horas. O tenente Aurimar Cardoso Cunha, do 7.º Batalhão, um dos primeiros a chegar ao local, percebeu que o corpo já estava em rigidez cadavérica. "Calculo que morreu por volta das 16 horas", disse. Segundo o policial, não havia sangue no local e o corpo não aparentava sinal de tiro ou ferimento aparente. A suspeita era de que o morto seria um ladrão de relógios, já que tinha dois no pulso. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PESQUISA ELEITORAL
Ibope: Haddad cresce em todos os segmentos; Bolsonaro só entre os mais ricos
BARBÁRIE
Corpo de Adolescente desaparecida há 11 dias é encontrado em Lixão
NOVELA GLOBAL
Karola e Laureta viram inimigas mortais em ‘Segundo sol’, e traz sérias consequências para ambas
ALCOOLISMO
Menino de 9 anos é expulso de casa pela mãe alcoólatra por se recusar a roubar, no DF
LATROCINIO
Tentativa de assalto termina com pai morto e filho baleado
MENOR INFRATOR
Cobradora é apedrejada em assalto e adolescente é detido pela 4ª vez
FAMOSIDADES
Justiça condena Deborah Secco por desvio de dinheiro público
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo vai morar com mendigos e vira vizinho de Agenor
CLUELDADE
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
ECONOMIA
Mercado financeiro já trabalha para traçar cenários sem Bolsonaro