Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Montadoras fecham semestre com melhor venda desde 2001

2 Jul 2004 - 16h22
As montadoras venderam no mês passado 130,7 mil veículos, um aumento de 30% em relação a junho de 2003 e de 6,2% na comparação com maio. Foi o segundo melhor resultado do ano, perdendo apenas para março (141,6 mil unidades).

No primeiro semestre, o setor vendeu 723,1 mil veículos. Esse foi o melhor resultado registrado para o primeiro semestre desde 2001.

Os analistas do setor disseram que as vendas de junho foram puxadas pelas promoções. Tanto as fábricas como concessionárias realizaram feirões e campanhas especiais em quase todos os finais de semana de junho.

O resultado também foi beneficiado pela base de comparação, já que junho de 2003 foi o pior mês do ano em vendas para o setor. Além disso, o desempenho do primeiro semestre do ano passado foi o menor em 3 anos.

Ranking

Pela primeira vez na história da indústria automotiva brasileira, a General Motors lidera a venda de veículos no ano. A GM comercializou 170 mil veículos até junho.

 

 

Folha Online


Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA TERRIVEL
'Que pena não ter realizado seu sonho, ver eu me formar', diz filha de Reinaldo, o príncipe do pagod
QUEM SERÁ?
Adriano Imperador leva loira de 22 anos, seu novo affair, para conhecer a família
FUTEBOL
Brasil faz três na Coreia do Sul e encerra jejum de vitórias
VÍDEO - ASSUSTADOR
VÍDEO: homem desmaia em trilho e deixa passageiros desesperados
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário oferece mais de 400 produtos com até 60% de desconto na Black Week em Fátima do Sul
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Camilo tenta estuprar Vivi e morre
ABSURDO
Mulher usa o filho de um ano para entrar em presídio com celular
100 EDUCAÇÃO
Quem sabe xinga ao vivo: Faustão chama funcionário de imbecil no ar
ACIDENTE AÉREO FATAL
Médico, filha e piloto são os mortos da queda de avião. Esposa está em estado gravíssimo
TRAGÉDIA AÉREA
Tragédia matou Marcela e Maysa, filhas do homem que abriu a comunicação de MS