Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 16 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Moka reage com indignação a falsa atribuição de discurso

3 Set 2004 - 17h39
O presidente regional do PMDB, deputado federal Waldemir Moka, reagiu com indignação à afirmação a ele atribuídas de que os votos do atual prefeito de Bonito, Geraldo Marques, são de "Porcos sem raça". Moka lembra que nunca fez discurso agressivo em sua carreira política.

"Eu disse que o PT protemeteu gerar 10 milhões de emprego, prometeu duplicar o salário mínimo. Quen prometeu um salário mínimo do tamanho do João Grandão e deram menor do que o professor Biffi", contou Moka. "Isso não é agressivo", emendou.

Informa que também disse em Bonito que o PT faz muito barulho, muita gritaria e "é igual a “tosa de porco: muito grito e pouco pelo", o que não tem nada a ver com criticar eleitores que teriam optado pela candidatura de Marques.

"Agora xingar é outra história. Quando fiz o discurso todo mundo riu, foi uma sátira, ironizando, mas jamais querendo ofender alguém", garantiu o deputado peemedebista.
 
MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’
NOVA LEI
Motoristas condenados por contrabando vão perder a CNH por cinco anos
SUCATA
Jovem transforma pneus velhos em lindas caminhas para pets.
ENTRETENIMENTO
Com direito a uniforme e crachá, “cão frentista” viraliza e ganha milhares de fãs