Menu
SADER_FULL
domingo, 15 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Moka critica governo por descumprir acordo com prefeitos

16 Dez 2004 - 17h41
O deputado federal Waldemir Moka (PMDB) fez nesta quinta-feira (16) duras críticas ao governo federal por não ter cumprido acordo com os prefeitos para que a reforma tributária fosse votada ainda neste ano. A proposta de emenda constitucional (PEC) que prevê aumento de 1% nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) não chegou nem a ser apreciada ontem pela Câmara, como havia sido acertado entre a Casa Civil e os representantes dos prefeitos.

Segundo Moka, além da manutenção dos atuais repasses do FPM, as prefeituras terão que arcar com gastos maiores a partir de maio de 2005 por causa do aumento do salário mínimo de R$ 260 para R$ 300. “Há uma diferença muito grande entre discurso e prática neste governo”, criticou Moka, lembrando que a aprovação da PEC representaria cerca de R$ 1,2 bilhão a mais para os municípios no ano que vem.

O parlamentar argumenta que nos últimos anos a União aumentou a arrecadação de tributos por causa das mudanças feitas, notadamente, na tributação das contribuições sociais. A explicação de Moka é que as contribuições como a Cofins e a CSLL não são divididas entre as três esferas de governo.

Os fundos constitucionais são formados a partir dos repasses de parte da arrecadação do Imposto de Renda e do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). Com a correção da tabela do IR, poderá haver queda no repasse do FPM. “É uma situação delicada, já que os municípios assumiram vários serviços nos últimos anos, mas não tiveram a contrapartida necessária para mantê-los”, argumenta o deputado.
 
 
MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre
BOA NOTICIA
Preço da gasolina nas refinarias cai para R$ 1,997
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Karola vira escrava sexual de Remy
BRIGA DE RUA
Homem morre pendurado em grade
FAMOSIDADES
Luan Santana faz declaração emocionante a Padre Fábio de Mello: ''Obrigada pelos dias maravilhosos''
ARTIGO - DIA DO ROCK
DIA DO ROCK - ARTIGO: 'Há um tempo atrás não muito distante...', por Lucio Gazola
DEUS SALVE O REI
Catarina é desmascarada por Afonso e é presa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Manu é sequestrada e decide trabalhar como traficante para ficar com bandidos