Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 13 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Moisés chega à Vila Belmiro com as bênçãos da família Ganso

24 Set 2010 - 10h02Por Globo Esporte

Reforço santista para a disputa do Campeonato Brasileiro, o atacante Moisés chega à Vila Belmiro com as bênçãos da família Ganso. Foi o irmão do craque santista, Júlio Chagas de Lima, o Papito, quem indicou o jogador, revelação do Paysandu, à diretoria do Santos. Credencial é o que não falta para o novato.

Ídolo da torcida do Papão, que o chama de Salvador, Moisés foi artilheiro do Campeonato Paraense deste ano, com 13 gols. Ao chegar ao Santos, foi logo “adotado” pelos conterrâneos. Conversou bastante com Papito e com Paulo Henrique Ganso.

- Eu conheci o Moisés quando o Santos foi jogar com o Remo em Belém (pela segunda rodada da Copa do Brasil). O pessoal disse que tinha esse menino muito bom de bola lá. Antes do jogo do Santos, o Paysandu jogou contra o Palmeiras (também pela Copa do Brasil) e eu fui assistir. Gostei dele e resolvi também ver o jogo da volta, em São Paulo. Moisés é rápido, se posiciona bem na área. Então, o indiquei para o pessoal do Santos - conta Papito.

Isso foi em março e a direção do Peixe iniciou os contatos. Inicialmente, ofereceu R$ 100 mil ao Papão para contratar o jogador, proposta prontamente recusada pelos paraenses. Moisés, porém, balançou com o interesse santista e resolveu entrar na Justiça para conseguir a sua liberação, o que criou um grande mal estar entre o jogador e a diretoria do Papão. Enquanto a novela caminhava, Moisés chegou a treinar no Internacional e a conversar com o Cruzeiro. O Paysandu não o liberava. O impasse só se encerrou no início de setembro, quando um grupo de investidores, representado pelo argentino Gustavo Arribas, sócio do empresário iraniano Kia Joorabchian, que liderou uma polêmica parceria com o Corinthians, entre 2004 e 2005, pagou R$ 600 mil por 80% dos direitos de Moisés e o colocou na Vila Belmiro. Os outros 20% seguem pertencendo ao clube paraense.

- Felizmente deu tudo certo. Conversei com o Moisés e ele está bastante tranquilo. Tomara que ele seja feliz no Santos – torce o irmão do camisa 10 do Peixe.

A princípio, Moisés acertou um contrato até o fim do Campeonato Brasileiro. Ele já fez exames médicos, vem treinando no CT Rei Pelé, mas ainda falta a assinatura. Por isso, não pode conceder entrevistas. Ele alega que foi orientado pelo clube a só falar no dia de sua apresentação, cuja data ainda não está marcada. Sua última entrevista foi concedida à “Rádio Clube”, de Belém. Nela, ele agradeceu à família Ganso.

- Conversei com o Papito e com o Paulo Henrique. São pessoas muito bacanas, estão me tratando muito bem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo