Menu
SADER_FULL
domingo, 17 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Mobilização quer prevenir exploração sexual na Copa

6 Out 2010 - 09h24Por Agência Brasil

Representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da Organização Mundial do Turismo (OMT) e de 12 cidades-sede da Copa reúnem-se hoje (6) e amanhã em Brasília. O encontro começa às 9h no Centro de Eventos Brasil 21. O objetivo é traçar uma estratégia de enfrentamento da exploração sexual.

O Programa Turismo Sustentável e Infância, do Ministério do Turismo, e o Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília reunirão representantes de entidades nacionais e internacionais para discutir estratégias de prevenção. O Projeto de Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no Turismo já formou 163 multiplicadores em todo o país. As ações propostas envolvem os setores público e privado, especialmente os profissionais e empresários da área de turismo.

A secretária nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Carmen Oliveira, participa, às 14h, do painel O Brasil Rumo à Copa Mundial de Futebol 2014. Na ocasião, será feita uma análise da situação diante das possíveis vulnerabilidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat