Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ministro anuncia mais vagas para baixa renda

27 Set 2004 - 13h53
 ministro da Educação, Tarso Genro, anunciou hoje no Rio que a partir do próximo vestibular deste ano estarão disponíveis para alunos de baixa renda 60 mil vagas gratuitas em instituições particulares de ensino superior.

Tarso também anunciou que para manter esses alunos na faculdade, o governo federal implementará em breve o Programa Bolsa de Permanência na Escola Superior. "O programa de educação do governo não é mais fechado. É uma porta de entrada para novas aprendizagens", disse o ministro.

Ele também disse que no próximo ano o governo vai abrir 500 escolas de ensino técnico para atender as pessoas de baixa renda no país. "O processo não vai terminar na alfabetização. Aprender a ler e escrever será apenas um começo de processo de inclusão social e educacional", afirmou.

Tarso pediu aos formandos presentes à solenidade que continuem seus estudos. "Queremos entregar a vocês muitos outros certificados", disse.

Ele participou hoje da solenidade de formatura de cerca de 13 mil jovens e adultos do estado do Rio de Janeiro, alfabetizados pela segunda etapa do programa "Sesi - Por um Brasil Alfabetizado".
 
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo