Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 20 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ministro ameaça intervir em planos com reajustes de 11,75%

27 Jul 2004 - 07h00

O ministro da Saúde, Humberto Costa, reafirmou que o governo se mantém em uma posição clara e firme quanto aos reajustes dos planos de saúde. "Não se pode impor reajuste superior a 11,75%, e mesmo os planos antigos só podem aplicar os valores do reajuste dos contratos a partir de 2003", afirmou. O ministro lançou hoje em Curitiba o Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), no estado.

Segundo o ministro, as administradoras dos planos de saúde não podem retroagir para buscar perdas do passado. Ele disse que o governo irá até as últimas conseqüências para fazer valer os 11,75%. "O governo pode mesmo chegar até à intervenção ou tirar a empresa do mercado", advertiu.

Um projeto em análise no Ministério da Saúde deve ser encaminhado em breve ao Congresso Nacional propondo que os usuários que já cumpriram a carência no seu plano original possam mudar de plano sem que a carência tenha que ser cumprida novamente. Na opinião do ministro Humberto Costa a medida permitiria uma grande concorrência no mercado e conseqüentemente a redução de preços e melhoria na qualidade dos serviços.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADE - SUSPIROS
Sem calcinha, Juju Salimeni compartilha foto ousada
VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Confira o cardápio do delicioso almoço neste domingo no Pesqueiro 7 Bello em VICENTINA
CRIME PASSIONAL
Marido flagra esposa com suposto amante e caso termina em morte
NOVELA GLOBAL
Remy pode não ter morrido em 'Segundo sol'; veja os indícios
TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato