Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 12 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Ministério Público pede cassação do governador de Rondônia

28 Mar 2007 - 05h25

O Ministério Público Eleitoral ajuizou recurso no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra expedição do diploma do governador reeleito de Rondônia, Ivo Cassol (PPS), alegando suposta prática de abuso de poder econômico e compra de votos durante a campanha para o pleito de 2006.

De acordo com o Ministério Público, seriam "fortes os indícios da prática de compra de votos", por meio de um suposto esquema de arregimentação de cabos eleitorais, o qual também teria beneficiado outros candidatos que concorreram aos cargos de senador e deputado federal e estadual.

Segundo a acusação, esses candidatos fariam parte de um esquema que contratou funcionários de uma empresa, às vésperas do primeiro turno das eleições de 2006, para trabalhar como "formiguinhas" - nome dado aos cabos eleitorais em Rondônia.

Os funcionários teriam recebido R$ 100, cada um, para votar nesse grupo de candidatos, incluindo o próprio governador Ivo Cassol.

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

INVICTO
Com gol de bicicleta, Grêmio afunda Chapecoense e emplaca quinta vitória seguida
MOBILIZAÇÃO
Energia solar reduz custos para todos os consumidores
NOVELA GLOBAL
A Dona do Pedaço: Camilo flagra vacilo de Vivi e desconfia de fuga com Chiclete
EX PRESIDIÁRIO
Lula fez pedido a Huck ao saber que era dono do jatinho fretado
CHAMAR A ATENÇÃO
Mulher tira fotos sem roupa em estrada e causa confusão na net - FOTOS
TRAGÉDIA
Homem e bebê seis meses morrem após carro cair de ponte, quatro feridos
FAMOSIDADES
Camila Pitanga vive seu primeiro namoro com uma mulher; 'muito feliz', diz amiga
GERAÇÃO DE EMPREGOS
Saiba o que está previsto no pacote do emprego que será anunciado nesta 2ª feira
FINAL FELIZ
Zé Hélio e Beatriz se casam em 'A dona do pedaço'
FEMINICIDIO
Homem é preso acusado de matar namorada de 16 anos após crise de ciúmes