Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 21 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ministério Público pede cassação do governador de Rondônia

28 Mar 2007 - 05h25

O Ministério Público Eleitoral ajuizou recurso no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra expedição do diploma do governador reeleito de Rondônia, Ivo Cassol (PPS), alegando suposta prática de abuso de poder econômico e compra de votos durante a campanha para o pleito de 2006.

De acordo com o Ministério Público, seriam "fortes os indícios da prática de compra de votos", por meio de um suposto esquema de arregimentação de cabos eleitorais, o qual também teria beneficiado outros candidatos que concorreram aos cargos de senador e deputado federal e estadual.

Segundo a acusação, esses candidatos fariam parte de um esquema que contratou funcionários de uma empresa, às vésperas do primeiro turno das eleições de 2006, para trabalhar como "formiguinhas" - nome dado aos cabos eleitorais em Rondônia.

Os funcionários teriam recebido R$ 100, cada um, para votar nesse grupo de candidatos, incluindo o próprio governador Ivo Cassol.

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH
REALITY SHOW
‘A fazenda’: conheça os 16 participantes da nova edição
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta é presa por causa de armação de Luzia
REALITY SHOW
“A Fazenda 10”: Gabi Prado passa mal e Nadja vira alvo dos participantes
SURRA
Video: Homem faz proposta sexual e é agredido de cinta no meio da rua
REALITY SHOW
Em 1ª dia de 'A Fazenda', Ana Paula ganha carro e vira meme