Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 25 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Ministério do Turismo deve divulgar até abril plano de metas

22 Out 2004 - 16h37
O Ministério do Turismo já está elaborando o plano de metas do setor até 2010 e deverá divulgá-lo até abril do próximo ano. Segundo o ministro Walfrido Mares Guia, com o plano, poderão ser obtidos resultados relevantes em termos de entrada de turistas internacionais no Brasil e, por extensão, no Mercosul. “Temos que trazer turistas de outros países, mostrando a eles que nós somos 'hermanos' e estamos irmanados no Mercosul, no sentido de oferecer o que há de melhor”, disse o ministro.

O Brasil recebeu, no ano passado, 4,2 milhões de turistas, dos quais 1,2 milhão de argentinos. Os números consolidados de turistas estrangeiros nos quatro países do bloco - Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina - não são superiores a 5 milhões, calculou o ministro. Ele acredita que esse total poderá dobrar em quatro ou cinco anos, no máximo, a partir do plano estratégico que está sendo montado pelos Ministérios do Turismo dos países do Mercosul. Para isso, existe entrosamento, recursos e competência, além do fato de que as políticas de turismo são prioridade nos quatro países, acrescentou.

Walfrido Mares Guia reconheceu a distância que ainda separa o Brasil de outras nações, como a Espanha, que tem uma atividade turística muito dinâmica e responsável por grande parte da entrada de divisas na economia espanhola.

“A gente não pode comparar nunca a situação do Brasil com a da Espanha, da França ou da Itália, que estão rodeados de países ricos, todos interligados agora na União Européia”, observou o ministro. Segundo ele, há um longo trabalho a ser desenvolvido por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai para que esses países sejam ligados por rodovias e ferrovias de primeira linha. “Não temos nenhuma ferrovia para escoar nossa produção industrial via Pacífico!”, ressaltou.

Na opinião do ministro, enquanto não são realizadas as obras de infra-estrutura necessárias à dinamização do turismo e maior integração no Mercosul, deve-se lutar com as armas existentes, entre elas, a melhoria das conexões, de modo a facilitar o fluxo turístico, e a ampliação e criação de alternativas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção