Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 21 de março de 2019
prefeitura VICENTINA Março 2019
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ministério do Turismo deve divulgar até abril plano de metas

22 Out 2004 - 16h37
O Ministério do Turismo já está elaborando o plano de metas do setor até 2010 e deverá divulgá-lo até abril do próximo ano. Segundo o ministro Walfrido Mares Guia, com o plano, poderão ser obtidos resultados relevantes em termos de entrada de turistas internacionais no Brasil e, por extensão, no Mercosul. “Temos que trazer turistas de outros países, mostrando a eles que nós somos 'hermanos' e estamos irmanados no Mercosul, no sentido de oferecer o que há de melhor”, disse o ministro.

O Brasil recebeu, no ano passado, 4,2 milhões de turistas, dos quais 1,2 milhão de argentinos. Os números consolidados de turistas estrangeiros nos quatro países do bloco - Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina - não são superiores a 5 milhões, calculou o ministro. Ele acredita que esse total poderá dobrar em quatro ou cinco anos, no máximo, a partir do plano estratégico que está sendo montado pelos Ministérios do Turismo dos países do Mercosul. Para isso, existe entrosamento, recursos e competência, além do fato de que as políticas de turismo são prioridade nos quatro países, acrescentou.

Walfrido Mares Guia reconheceu a distância que ainda separa o Brasil de outras nações, como a Espanha, que tem uma atividade turística muito dinâmica e responsável por grande parte da entrada de divisas na economia espanhola.

“A gente não pode comparar nunca a situação do Brasil com a da Espanha, da França ou da Itália, que estão rodeados de países ricos, todos interligados agora na União Européia”, observou o ministro. Segundo ele, há um longo trabalho a ser desenvolvido por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai para que esses países sejam ligados por rodovias e ferrovias de primeira linha. “Não temos nenhuma ferrovia para escoar nossa produção industrial via Pacífico!”, ressaltou.

Na opinião do ministro, enquanto não são realizadas as obras de infra-estrutura necessárias à dinamização do turismo e maior integração no Mercosul, deve-se lutar com as armas existentes, entre elas, a melhoria das conexões, de modo a facilitar o fluxo turístico, e a ampliação e criação de alternativas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESCASO
Bebê morre após parto feito pelo pai em ambulância sem médico
FAMOSIDADES
Aos 58 anos, atriz Tássia Camargo sofre infarto e está na UTI de Hospital em Portugal
ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos