Menu
SADER_FULL
terça, 25 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Ministério da Justiça instala Território da Paz em Curitiba

18 Jun 2010 - 07h01Por Agência Brasil

Curitiba - O município de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, passa a partir de hoje (17) a ser um Território de Paz. É a primeira das oito cidades da região, que serão beneficiadas pelas ações do Programa Nacional de Segurança Pública (Pronasci), do Ministério da Justiça.

Serão implantados doze programas de ação social, com o objetivo de reduzir o índice de violência no município, que integra a lista dos 100 mais violentos do país, com 40 casos de homicídios por cada grupo de 100 mil habitantes.

Durante a solenidade de lançamento, o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, anunciou a liberação de R$ 54 milhões em projetos nos oito municípios que irão participar do programa. Desse total, R$ 7 milhões serão aplicados em São José dos Pinhais. “O que pretendemos é reconquistar territórios que foram atingidos pela violência, criminalidade e a melhor maneira de fazer isso é com prevenção, com toda a comunidade envolvida na busca de soluções” disse o ministro, citando exemplos onde o programa já gerou resultados.

“Em Santo Amaro, no Recife conseguimos reduzir em 70% o total de homicídios, e o mesmo aconteceu em Salvador. No Rio de Janeiro estamos transformando a realidade de localidades como a comunidade Dona Marta”.

Segundo o ministro, todas as ações do Território da Paz que atualmente estão sendo desenvolvidas em 13 estados podem ser definidas como uma junção de atitudes idealizadas “com inteligência e estratégia, num esforço conjunto entre os governos federal, estadual e municípios, mas principalmente com o envolvimento da população, que conhece a realidade do bairro que mora” .

Barreto lembrou que o ministério conta com um orçamento anual para o Pronasci de R$ 1,4 bilhão, recursos que vêm sendo aplicados em políticas sociais transformadoras de segurança pública.

O ministro detalhou como será o programa no Paraná, que já tem ações do Pronasci sendo desenvolvidas desde 2008. “Serão beneficiados, imediatamente, 240 jovens no Protejo (Proteção de Jovens em Território Vulnerável). São jovens  de 15 a 24 anos que ficarão longe da violência, que vão se envolver com atividades culturais, esportivas e educacionais e ainda receber um auxílio mensal de R$ 100”, disse o ministro.

Serão formadas 150 Mulheres da Paz, que atuarão na prevenção da violência e vão estimular os jovens a participar dos programas do governo federal, recebendo como incentivo uma bolsa mensal de R$ 190.

Além do  policiamento comunitário, da criação do Núcleo de Justiça Comunitário que prestará informações à população sobre seus direitos, serão feitos nos oito municípios da região metropolitana paranaense, projetos de esporte e lazer, Economia Solidária, Pintando a Cidadania, Praça da Juventude, Pontos de Memória, Projeto Aprender e Escola Participativa.
 

 



Deixe seu Comentário

Leia Também

VEICULO ROUBADO
Carro roubado é arrastado por onibus; suspeito ficou gravemente ferido
AMEAÇAS
Marilia Mendonça Denuncia ameaças após aderir à campanha contra Bolsonaro
FATALIDADE
Adolescente sai para jogar futebol com amigos e morre afogado
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Maura fala sobre transar com homem: 'Detestei'
CORRIDA SUCESSÓRIA
Ibope mostra Bolsonaro estagnado com 28% e Haddad cresce 3 pontos e vai a 22%
FUTEBOL
Pela sexta vez Marta é eleita a melhor jogadora do mundo
FUGA FRACASSADA
Tentativa de fuga termina com agente de cadeia e detentos feridos
ASSASSINATO
Por quebrar "pacto de sangue" homem é assassinado juntamente com amigo
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Mistérios sobre passado de Karola começam a ser revelados
CORRIDA PRESIDENCIAL
Haddad continua disparada em pesquisa do BTG e se consolida no 2º turno