Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Milho: Alta de 10% em agosto

19 Ago 2010 - 09h34Por

Com a colheita de milho chegando à reta final em Mato Grosso, os preços da saca no mercado interno no mês de agosto tiveram uma alta de 10% em relação ao mês anterior, ficando em média R$ R$ 8,50/saca, porém poucos negócios foram registrados.

Segundo levantamento realizado pelo Imea (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária), esta semana os preços se mantiveram estáveis.

Na região de Lucas do Rio Verde (354 quilômetros ao norte de Cuiabá), o valor pago pela saca de milho ficou na casa dos R$ 7,35, preço 10,7% menor que no mesmo período do ano anterior. Já em Campo Verde (231 quilômetros ao sul de Cuiabá), os compradores ofertam R$ 9,50/saca.

Os preços do cereal no Estado seguem de acordo com a paridade, que é o preço pago no posto menos o frete. Em outras regiões acompanhadas pelo Imea, o valor da saca neste ano é menor que nos dois últimos anos.

Em Primavera do Leste (231 quilômetros ao leste de Cuiabá), a saca ficou na casa dos R$ 9,30/saca, enquanto em Rondonópolis (210 quilômetros ao sul de Cuiabá), o preço ofertado foi de R$ 9,50.

De acordo com a Secex (Secretaria de Comércio Exterior) do Ministério da Indústria, Comércio e Desenvolvimento, os valores médios pagos por saca exportada de Mato Grosso, no primeiro semestre de 2010, tiveram poucas oscilações, com o mínimo de US$ 9,12/saca em junho e máxima de US$ 10,96/saca (preço FOB, livre no navio) em fevereiro.

A média recebida pelos exportadores neste ano, ainda de acordo com o boletim do Imea, é 11% maior que no mesmo período do ano passado - em torno de US$ 9,38/saca - o segundo melhor resultado da história. Em 2008, a média de preços paga por saca embarcada ficou na casa de US$ 11,52/saca, a maior registrada na história.

“Isso ocorreu devido à grande procura do cereal no exterior. Porém, as exportações de Mato Grosso começaram a ficar mais expressivas a partir de 2007, já que nos anos anteriores vários meses se passaram sem embarcar o cereal. Para efeito de comparação, 2007 exportou 76% a mais que em 2006”, frisa o Imea.

O último levantamento aponta que a colheita do milho segundo safra alcançou no último dia 12 o percentual de 99,4%, contra 91,4% no mesmo período da safra anterior.

Os trabalhos se encerram com três semanas de antecedência em relação a 2009, reflexo de um plantio concentrado mais cedo, até à primeira quinzena de março, não mais se estendendo a abril como no ciclo anterior.

A média final de produtividade estimada pelo Imea, no final de julho, deve ficar em 68,8 sacas por hectare para o Estado, com os melhores rendimentos verificados nas regiões médio norte, oeste e sudeste do Estado.

O Imea lembra que a comercialização do milho segunda safra em Mato Groso vem sendo marcada pela grande presença da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), que já auxiliou a comercialização de 6,78 milhões de toneladas em 10 leilões realizados na modalidade PEP (Prêmio Escoamento do Produto) neste ano.

A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) realiza hoje leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor de milho, safra 09/10, com oferta de 250 mil toneladas para Mato Grosso e 50 mil toneladas para Goiás. As especificações do leilão estão no Aviso nº 196/2010.

“Com este leilão, o total apoiado pelo governo federal em Mato Grosso poderá chegar a 6,3 milhões de toneladas de milho, representando 64% do volume sustentado nesta safra”, avalia Silvio Farnese, coordenador-geral de Cereais e Culturais Anuais do Ministério da Agricultura.

O Pepro é uma subvenção econômica (prêmio) concedida ao produtor rural ou sua cooperativa, desde que vendam o produto pela diferença entre o valor de referência estabelecido pelo governo federal (preço mínimo) e o valor do prêmio arrematado em leilão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19