Menu
SADER_FULL
segunda, 26 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Milan desiste de Ronaldinho e quer Eto'o, diz jornal

8 Mai 2007 - 04h52

O Milan aparentemente desistiu da contratação de Ronaldinho, do Barcelona, mas vai tentar negociar com o atacante camaronês Samuel Eto'o.

A notícia é a manchete principal do jornal italiano La Gazzetta dello Sport, que atribui a mudança ao fato de que a contratação sairia muito menos cara do que a do brasileiro.

Segundo a publicação, o Barcelona o cederia por cerca de 40 milhões de euros (cerca de R$ 109,6 milhões).

Os números são bem mais baixos do que os 60 milhões de euros (cerca de R$ 164,5 milhões) mínimos que o clube italiano deveria pagar ao Barcelona pelo passe do brasileiro.

Ronaldinho custaria ainda outros 90 milhões de euros (cerca de R$ 246,7 milhões) para seu contrato pessoal com validade até 2014, de acordo com as condições exigidas pelo jogador.

Dias atrás, Silvio Berlusconi, dono do Milan, assegurou que teria 100 milhões de euros (cerca de R$ 274,2 milhões) disponíveis para investir na operação, mas depois se soube que essa cifra não bastaria para pagar Ronaldinho e o Barcelona.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - NOVIDADES NO BOTICÁRIO
Make B. lança novos tons do seu queridinho iluminador, confira no O Boticário em Fátima do Sul
NAS REDES SOCIAIS
Luciana Gimenez é pega com parte íntima totalmente de fora em restaurante, foto viraliza
LUTO NA TV
Atriz e escritora Fernanda Young morre aos 49 anos
A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil