Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 20 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Michael Schumacher é atração no GP da Espanha

12 Mai 2007 - 08h37
Ainda faltavam 20 minutos para a primeira entrevista coletiva de Michael Schumacher, 38, num circuito de F-1 após sua aposentadoria começar, e o recém-inaugurado motorhome da Ferrari já estava abarrotado.

Jornalistas se acotovelavam tentando conseguir um espaço.

Pontualmente às 12h locais --talvez por ostentar um relógio em cada pulso--, o alemão surgiu. O burburinho parou. Bronzeado, usando calça jeans, tênis, boné da Ferrari e camisa da escuderia desabotoada o suficiente para que um crucifixo prateado brilhasse no peito, Schumacher começou a falar.

"É óbvio que existe vida após a F-1. Depois de 16 anos aqui, é bom poder acordar e não ter que pensar nisso. Fazer você mesmo sua agenda e não deixar que outra pessoa a faça. É bom se ocupar com outras coisas, como a família, por exemplo."

Sobre a saudade de pilotar ou achar algo para substituir sua paixão pela velocidade, o heptacampeão, sempre sorridente, foi vago. "Faz só seis meses que parei. Por enquanto estou feliz", afirmou. "Sobre o futuro... Quem sabe? Se eu soubesse o que farei, já estaria fazendo!"

Schumacher, que disse ter parado de freqüentar a academia, porém tem mantido a forma no futebol, ainda fez mistério sobre o papel que ocupa na equipe italiana.

"Prefiro não entrar em detalhes, mas uso minha experiência para ajudar no conceito global da equipe", afirmou.

Ontem, ele participou de reuniões com os pilotos e assistiu aos treinos dos boxes. "Estou feliz de ver como as coisas estão." Não precisava dizer.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos