Menu
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Metade das pequenas empresas fecha em 2 anos

11 Ago 2004 - 13h59
Metade das micro e pequenas empresas brasileiras não consegue sobreviver mais do que dois anos antes de fechar as portas. É o que revela um estudo realizado pelo Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) em todo o país.

Esse índice está dez pontos percentuais acima dos piores resultados obtido em países desenvolvidos, onde a "mortalidade" de empresas nos dois primeiros anos de vida varia entre 20% e 40%.

O estudo, que não era realizado pelo Sebrae desde 1997, mostra que esse percentual aumenta em apenas 10 pontos para empresas com dois a quatro anos de vida. Ou seja, os primeiros meses são o período mais crítico para um novo negócio.

O perfil do pequeno empreendedor que é obrigado a fechar o seu negócio dentro desse prazo é de alguém que deixou um trabalho em empresa privada (um terço) ou era autônomo (um quarto) e decidiu investir a poupança da família. Do total investido nessas empresas, 74% foi tirado do próprio bolso dos pequenos e micro empresários.

Depois de fechar a empresa, cerca de um terço vai trabalhar como autônomo, e apenas 16% abre um novo negócio. Um quarto dos entrevistados disseram que foram procurar um emprego assalariado. Isso ocorre porque cerca de 80% dessas pessoas não consegue recuperar nem metade do que foi aplicado.

Causas da "mortalidade"

A principais causas apontadas por 40% dos entrevistados como responsáveis pelo insucesso é a falta da capital de giro e o peso da carga tributária. Para 48% das empresas que conseguem sobreviver aos primeiros anos, essas também são apontadas como as principais dificuldades enfrentadas para manter o negócio ativo.

Segundo o Sebrae, outro motivo é a falta de apoio de associações e cooperativas, além da falta de experiência --20% dos entrevistados nunca haviam administrado um negócio antes e outros 20% contavam apenas com a experiência de familiares.

O levantamento foi feito nas juntas comerciais de todos os Estados do país, com mais de 5.500 empresas abertas entre 2000 e 2002. A margem de erro é de 5 pontos percentuais.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acerto de Contas
Mulher é assassinada e companheiro é poupado pelos bandidos
Macabro
Filho que escondeu corpo de pai pode ser indiciado por três crimes
Novela
'Deus salve o rei': Catarina (Bruna Marquezine) mata Constantino
Novela Global
'Outro lado': Gael luta contra violência doméstica no fim
Monstro
Câmera flagra irmão à procura de menina que teria sido abusada por prefeito de Bariri
Perigo do Selfie
Três garotas caem de ponte de 20 metros ao tirarem fotos em Castelo
Campanha de filiações
Prisão de Lula faz disparar filiações ao PT
O Apocalipse
Arthur (Junno Andrade) fala na TV que Ricardo (Sergio Marone) ressuscitou em seu velório
BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas