Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 16 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Metade das pequenas empresas fecha em 2 anos

11 Ago 2004 - 13h59
Metade das micro e pequenas empresas brasileiras não consegue sobreviver mais do que dois anos antes de fechar as portas. É o que revela um estudo realizado pelo Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) em todo o país.

Esse índice está dez pontos percentuais acima dos piores resultados obtido em países desenvolvidos, onde a "mortalidade" de empresas nos dois primeiros anos de vida varia entre 20% e 40%.

O estudo, que não era realizado pelo Sebrae desde 1997, mostra que esse percentual aumenta em apenas 10 pontos para empresas com dois a quatro anos de vida. Ou seja, os primeiros meses são o período mais crítico para um novo negócio.

O perfil do pequeno empreendedor que é obrigado a fechar o seu negócio dentro desse prazo é de alguém que deixou um trabalho em empresa privada (um terço) ou era autônomo (um quarto) e decidiu investir a poupança da família. Do total investido nessas empresas, 74% foi tirado do próprio bolso dos pequenos e micro empresários.

Depois de fechar a empresa, cerca de um terço vai trabalhar como autônomo, e apenas 16% abre um novo negócio. Um quarto dos entrevistados disseram que foram procurar um emprego assalariado. Isso ocorre porque cerca de 80% dessas pessoas não consegue recuperar nem metade do que foi aplicado.

Causas da "mortalidade"

A principais causas apontadas por 40% dos entrevistados como responsáveis pelo insucesso é a falta da capital de giro e o peso da carga tributária. Para 48% das empresas que conseguem sobreviver aos primeiros anos, essas também são apontadas como as principais dificuldades enfrentadas para manter o negócio ativo.

Segundo o Sebrae, outro motivo é a falta de apoio de associações e cooperativas, além da falta de experiência --20% dos entrevistados nunca haviam administrado um negócio antes e outros 20% contavam apenas com a experiência de familiares.

O levantamento foi feito nas juntas comerciais de todos os Estados do país, com mais de 5.500 empresas abertas entre 2000 e 2002. A margem de erro é de 5 pontos percentuais.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Zefa rompe com Severo: 'Você não merece nada de bom de mim!'
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Roberval é traficante de diamante
NOVELA DA RECORD
Herodíade diz que foi agarrada por Batista e Joana a chama de mentirosa.