Menu
SADER_FULL
domingo, 27 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Meta da vacinação H1N1 de 80% foi cumprida

23 Jun 2010 - 16h54
A campanha de vacinação contra a gripe A (H1N1) já chegou a mais de 88% com o público-alvo da imunização, que é de 92 milhões de pessoas. De acordo com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, até agora 81 milhões de pessoas já foram vacinadas.

A meta de vacinação de 80% das pessoas que mais corriam risco de adquirir a doença foi cumprida. O ministro afirmou que o Brasil foi o país que mais vacinou a população em termos de percentuais contra o vírus A H1N1.

“Apesar do número grande de pessoas vacinadas, ainda percebemos que existem pessoas no grupo de risco que não procuraram os postos de vacinação, impedindo que a meta do Ministério da Saúde seja atingida por completo”, reforça o enfermeiro e tutor do Portal Educação, Alisson Daniel.

Vale lembrar que a vacinação ainda continua nas cidades em que a meta não foi atingida e logo mais o ministério divulgará novos dados sobre a vacinação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL -CHEGOU GASOLINA
Dois caminhões com combustíveis abastece posto e filas enormes se formam em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE DOS CAMINHONEIROS
Sem gás e sem combustíveis, população vive 'pane seca' e situação já é preocupante em Fátima do Sul
GREVE PETROLEIROS
Petroleiros decidem entrar em greve por 72 horas a partir da próxima quarta-feira
MISS BRASIL 2018
Mayra Dias do Amazonas é a Miss Brasil 2018
PARALISAÇÃO
Petroleiros do Pais inteiro anunciam greve "Vamos parar todas as Refinarias"
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas