Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Meta da inflação tem de cair no próximo governo

10 Nov 2010 - 10h50Por De Brasília
O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou nesta terça-feira que a meta de inflação terá que cair no governo Dilma.

Hoje, a meta de inflação é de 4,5% ao ano, com margem de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou que a inflação oficial já chegou a 4,38% até outubro.

Bernardo não quis colocar um prazo para a redução da meta de inflação, mas afirmou que este será um processo gradual e de longo prazo. O ministro explicou que a redução da meta é fundamental para que o juro real no Brasil chegue a 2% ao ano. O juro real é resultado da taxa básica de juros estabelecida pelo Banco Central menos a inflação oficial, medida pelo IPCA.

Bernardo criticou analistas do mercado financeiro que estão especulando sobre eventuais riscos econômicos do governo Dilma e acrescentou que quem fala em "risco Dilma" fez campanha para o adversário tucano José Serra.

"O governo Lula foi muito responsável. O Brasil tem cada vez mais credibilidade internacional e cada vez mais atrai investimentos", disse Bernardo.

Para o ministro, o Brasil alcançará o posto de sexta maior economia do mundo no governo Dilma e chegará à quinta posição em 2020.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário