Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 16 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Mesmo com crise aérea, aviação doméstica cresce 11,2%

10 Jul 2007 - 15h41
Apesar da crise nos aeroportos, a aviação doméstica registrou um crescimento de 11,2% na demanda em junho na comparação com o mesmo mês de 2006, segundo dados divulgados nesta terça-feira, 10, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A taxa de ocupação média dos aviões caiu de 75% para 71% no período. No acumulado do primeiro semestre, o setor registrou uma evolução de 13,2% sobre os seis primeiros meses do ano passado, enquanto a taxa de ocupação recuou de 71% para 70%.

A TAM segue na liderança do mercado doméstico, com 49,11% de participação em junho, levemente abaixo dos 49,68% apurados em maio e acima dos 47,43% de junho de 2006. A ocupação média dos vôos da empresa caiu de 78% em junho de 2006 para 73% no mesmo mês deste ano, mas melhorou em relação a maio, quando foi de 69%.

A Gol aparece em seguida, com 39,83% do mercado doméstico, mostrando piora em relação aos 40,84% de maio, mas acima dos 35,18% de junho de 2006. A ocupação ficou em 72%, acima dos 70% de maio, mas inferior aos 78% do mesmo mês de 2006.

A nova Varig (VRG Linhas Aéreas) respondeu por 2,93% da aviação doméstica em junho, ante 4,14% em maio. A empresa ainda não operava em junho de 2006. A taxa de ocupação foi de 65% em junho, contra 61% em maio.

A BRA deteve fatia de 3,40% em junho, ante 2,16% em maio e 3,79% em junho de 2006, com ocupação de 65%. A OceanAir ficou com 2,24% do mercado doméstico, acima dos 0,88% de maio e dos 0,98% do mesmo mês do ano passado. A ocupação média em junho foi de 55%.

Viagens internacionais

O tráfego internacional realizado pelas companhias brasileiras caiu 9,9% em junho na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo a Anac. A ocupação média dos aviões caiu de 70% para 63% no intervalo.

A representou 69,63% do mercado internacional em junho, fatia menor que os 72,36% de maio e acima dos 37,66% de junho de 2006. A ocupação caiu de 75% em junho de 2006 para 69% em junho deste ano, mas ficou estável em relação a maio.

A Gol respondeu por 12,23% do segmento, praticamente empatada com a nova Varig (12,87%). Em maio, a Gol tinha 13,70% do mercado internacional e a Varig tinha 10,05%. A ocupação da Gol caiu de 67% em junho de 2006 para 49% no mesmo mês deste ano, mas melhorou em relação aos 47% de maio. A ocupação da nova Varig foi de 49% em junho, contra 42% de maio.

 

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!
TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’
NOVA LEI
Motoristas condenados por contrabando vão perder a CNH por cinco anos
SUCATA
Jovem transforma pneus velhos em lindas caminhas para pets.