Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 24 de fevereiro de 2020
SADER_FULL
Busca
Brasil

Mesmo com aumento, recursos não será suficiente para a safra

21 Jul 2004 - 08h35
Um bilhão e quatrocentos milhões de reais para financiar a próxima safra em Mato Grosso do Sul. Esse é o valor que estará à disposição dos produtores para o custeio, investimento e comercialização da safra 2004/2005. Em entrevista ao Bom Dia MS, o vice-presidente do Banco do Brasil, Ricardo Conceição, disse que o recurso para a próxima safra é 27% maior em relação ao último ano. Mato Grosso do Sul, que recebeu R$ 1,117 bilhão na safra passada, deve receber R$ 1,4 bilhão neste ano.

O vice-presidente lembrou que a demanda por financiamento é sempre maior que a disponibilidade, mas o Banco do Brasil tem a previsão de ter recursos adicionais que devem chegar, em breve, com a liberação de verbas do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). Com estes recursos, a previsão é atender 100% da demanda.

O vice presidente afirmou que os recursos do FAT estão previstos na medida provisória que está pronta mas ainda falta abrir o crédito
nos próximos dias.
 
 
Bom Dia MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CASO
Anitta posa com novo affair em camarote da sapucai pouco antes de subir ao palco
100 EXPEDIENTE
Bancos irão fechar na segunda e terça-feira de carnaval
AMOR DE GENRO
Motorista é flagrado levando a sogra no porta-malas
FATALIDADE
Motorista morre após carro sair da pista e ficar submerso em rio
BARBÁRIE
Adolescente de 17 anos é morta a facadas e tem cabeça levada até casa da mãe
CARNAVAL E TURISMO
Carnaval: Veja 6 destinos para descansar e contemplar as belezas de MS
VICENTINA - RAÇA NEGRA TÁ VINDO
Em noite de Feira Livre, prefeito surpreende e anuncia Raça Negra para o aniversário de Vicentina
TURISMO NO MS
Descubra a beleza das praias de água doce para curtir o Carnaval em MS
CARNAVAL 2020
Por WhatsApp, Witzel convida Bolsonaro para assistir a desfiles do carnaval no seu camarote
DICAS DE SEGURANÇA
Saia de viagem neste feriado e deixe sua casa segura com as dicas da Polícia Civil