Menu
SADER_FULL
terça, 25 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Menos de 15% dos brasileiros pagam por antivírus

15 Jun 2010 - 09h07Por Folha Online

O mercado mundial de antivírus totalizou R$ 11,4 bilhões (US$ 6,3 bilhões) durante o ano passado, o que representa um crescimento de 10,7% ante 2008.

Ainda assim, apenas 14,2% dos brasileiros com acesso à internet pagam por uma licença de software de segurança, segundo um estudo divulgado pela consultoria Frost & Sullivan na sexta-feira (11).

No total, as licenças da América Latina representaram 3,5% do valor mundial, em decorrência da grande aceitação de antivírus gratuitos na região.

A preferência brasileira, de acordo com os dados, reside em softwares como o AVG e o Avast.

Os dados apontam ainda que 54,7% dos usuários residenciais têm antivírus gratuito instalado. Dentre eles, 14% desejam adquirir um pacote de segurança pago em 2010 e 2011.

Outros 9% que usam soluções pagas disseram que devem instalar softwares gratuitos quando suas licenças expirarem em 2011.

"Usuários preferem fazer download e instalação de soluções gratuitas, em oposição ao investimento em soluções mais robustas que ofereçam um conjunto grande de soluções em segurança", aponta o estudo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VEICULO ROUBADO
Carro roubado é arrastado por onibus; suspeito ficou gravemente ferido
AMEAÇAS
Marilia Mendonça Denuncia ameaças após aderir à campanha contra Bolsonaro
FATALIDADE
Adolescente sai para jogar futebol com amigos e morre afogado
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Maura fala sobre transar com homem: 'Detestei'
CORRIDA SUCESSÓRIA
Ibope mostra Bolsonaro estagnado com 28% e Haddad cresce 3 pontos e vai a 22%
FUTEBOL
Pela sexta vez Marta é eleita a melhor jogadora do mundo
FUGA FRACASSADA
Tentativa de fuga termina com agente de cadeia e detentos feridos
ASSASSINATO
Por quebrar "pacto de sangue" homem é assassinado juntamente com amigo
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Mistérios sobre passado de Karola começam a ser revelados
CORRIDA PRESIDENCIAL
Haddad continua disparada em pesquisa do BTG e se consolida no 2º turno