Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Melhora do petróleo favorece e dólar cai; Bovespa tem alta

27 Out 2004 - 16h40

O dólar comercial encerrou em queda nesta quarta-feira, vendido a R$ 2,862, após o recuo nos preços de petróleo levarem a uma melhora dos mercados em geral. Às 16h16, o índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, registrava alta de 1,28%, aos 23.141 pontos.

"(O dólar) caiu muito em função do petróleo, o mercado todo melhorou", afirmou Marco Antônio Azevedo, gerente de câmbio do Banco Brascan.

Segundo Azevedo, o dólar vinha sendo pressionado nas últimas sessões pelo aumento sucessivo nos preços da commodity, mas o alívio nesta sessão favoreceu o declínio de 0,10% no dólar. Na mínima do dia, a divisa chegou a R$ 2,854.

O petróleo para dezembro em Nova York encerrou em queda de US$ 2,71, negociado a US$ 52,46 o barril, após dados norte-americanos mostrarem aumento nos estoques de petróleo e gasolina do país na semana passada.

Outro fator citado pelos analistas que contribuiu para a valorização do real foi o declínio do risco-país e a melhora nos títulos de dívida brasileira negociados no exterior.

Nesta tarde, o C-Bond, um dos principais papéis da dívida brasileira no exterior, tinha alta de 0,249% e era cotado a 98,8% do valor de face. O risco-país, medido pelo banco JP Morgan, caía 25 pontos, para 479 pontos-básicos sobre os títulos do Tesouro norte-americano.

De acordo com o gerente de câmbio de um banco estrangeiro, "o dia foi de boas notícias".

"A vedete do mercado nos últimos dias tem sido o petróleo. (Com o declínio no preço) os mercados melhoraram, a Bovespa acompanhou os mercados lá fora. O risco-país caiu bem, os títulos brasileiros subiram um pouco. Foi um dia positivo", afirmou o gerente.

O gerente acredita ainda que o recuo do dólar já pode ser reflexo de um movimento de "vendidos" em preparação para a tradicional briga pela Ptax do fechamento do mês, que servirá de base para a liquidação dos contratos de dólar futuro.

Analistas ponderaram, no entanto, que o mercado demonstra certa cautela à espera da ata da última reunião do Comitê de Política Monetária, que será divulgada na quinta-feira, o que conteve um declínio maior do dólar.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESCASO
Bebê morre após parto feito pelo pai em ambulância sem médico
FAMOSIDADES
Aos 58 anos, atriz Tássia Camargo sofre infarto e está na UTI de Hospital em Portugal
ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos