Menu
SADER_FULL
sábado, 21 de setembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 3 milhões neste sábado

9 Out 2010 - 07h56Por Folha Online

O concurso de número 1.221 da Mega-Sena, que será sorteado neste sábado, deve pagar R$ 3 milhões para a aposta que acertar as seis dezenas, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal.

Na última quarta-feira (6), um bilhete de cidade de Fontoura Xavier (RS) acertou as seis dezenas do concurso 1.220 e deve receber R$ 119.142.144,27. As dezenas sorteadas na ocasião em Catalão (GO) foram: 05 - 15 - 43 - 48 - 52 - 55.

O prêmio é o maior já pago pelos sorteios regulares. A Mega-Sena já pagou R$ 144,9 milhões, mas foi pago no sorteio especial da Mega-Sena da Virada, em 31 de dezembro do ano passado.

Outros 377 bilhetes fizeram a quina e levarão R$ 28.258,54, enquanto os 30.478 acertadores da quadra vão ganhar R$ 499,35 cada um.

Quem quiser tentar a sorte no próximo concurso, deve fazer suas apostas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 2.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE GRAVE
Acidente com van escolar deixa dez crianças feridasí; duas estão em estado grave
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Rock é dopado, perde luta e Paixão é anunciado campeão
TRAGÉDIA NA CIDADE
Assassinato de 3 pessoas e um suicídio assusta moradores de cidade
MORTE TRAGICA
Mulher morre após ter 98% do corpo queimado ao acender churrasqueira
CRIME DESVENDADO
Autor do Crime da Mala é identificado 11 anos depois por exame de DNA
FAMOSIDADES
Neymar paga salário de quase R$ 50 mil por mês para cada parça
ATENTADO NA ESCOLA
Aluno esfaqueia professor em escola e se fere em seguida; aulas são suspensas
CAMPO BELO RESORT
Atenção Escolas, o Campo Belo Resort é o lugar perfeito para receber grupo escolar, VEJA COMO
FÁTIMA DO SUL - CACAU SHOW
Surpreenda quem você ama com lindas cestas na Cacau Show de Fátima do Sul
FALAM EM MILAGRE
Túmulo que verte água em cidade do Paraná intriga moradores. Não há explicação