Menu
SADER_FULL
terça, 19 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Médico é condenado a 47 anos de prisão em Dourados

13 Ago 2010 - 11h40Por Dourados News

O médico boliviano Miguel Angel Carballar Arevalos foi condenado na madrugada desta sexta-feira a 47 anos de prisão, acusado de ser o mandante do assassinato do pediatra Ademir Aparecido dos Reis em 14 de março de 2007. Ele e o pistoleiro Wandir Roque foram julgados no Tribunal do Fórum de Dourados. Wandir que atirou contra Ademir foi sentenciado a 34 anos de cadeia. O julgamento começou na manhã de ontem e só terminou na madrugada de hoje. Quando o juiz Rubens Witzel de Rio Brilhante leu a sentença dos dois acusados.

Miguel teria mandado matar o médico porque queria ficar com a administração do hospital de Nova Andradina onde os dois clinicavam. Durante a emboscada contra a vítima também foram feridas a enfermeira Amanda Barth de 23 anos e a psicóloga Sueli Lopes de 36 anos que estavam com o médico no carro. O crime aconteceu na rodovia MS 473 em Taquarussu.

Os dois acusados pelo crime e a auxiliar de enfermagem Fátima Granja Rodrigues foram presos dias depois do assassinato por policiais civis e do Departamento de Operações de Fronteira.

No julgamento de ontem foram ouvidas 33 testemunhas de acusação e de defesa e ao final dos trabalhos o corpo de jurados composto por sete pessoas considerou por unanimidade os réus culpados pelo crime cabendo ao juiz aplicar a pena.


Os acusados foram defendidos pelos advogados Upiran Jorge Gonçalves, Leandro Vilani e Márcio Benedito. A família do médico assassinado contratou o advogado Osmar Blanco para a acusação. Como representantes do Ministério Público trabalharam os promotores Elcio Dangelo e Vander José. A auxiliar de enfermagem Fátima Granja deverá ser julgada em outra ocasião.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário