Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Média de mulheres na política em MS supera a nacional

28 Ago 2004 - 08h06
A participação de mulheres nas eleições deste ano em Mato Grosso do Sul supera a média nacional, aponta levantamento divulgado hoje pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Enquanto no Brasil, elas correspondem a 9,4% das candidatas a prefeita, no Estado são 11,6% concorrendo ao cargo mais importante do município, com 24 mulheres disputando as eleições em 22 cidades, contra 182 homens. Embora acima da média nacional, a participação ainda é aquém do poder do voto das mulheres, que são maioria dos eleitores no Estado - 50,61% do eleitorado é feminino. Em Campo Grande, não há mulheres candidatas a prefeita, só a vice - Marisa Serrano (PSDB) e Nilde Brum (PDT). Em Água Clara e Inocência há duas mulheres em cada cidade disputando o cargo majoritário. Como vice, são 38 mulheres e 168 homens.
A média sobe para 24,3% quando o cargo em disputa é o de vereador, com 1.182 mulheres e 4.862 homens. Os dados ainda não representam o cenário definitivo, porque há ainda alguns poucos casos de registro de candidatura em grau de recurso.
Em Campo Grande, são 81 mulheres (26%) e 222 homens. A legislação determina cota mínima de 30% das vagas para mulheres. Sem conseguir atingi-la, os partidos também não podem colocar o número máximo permitido de candidatos homens.
O maior percentual de mulheres na disputa está em Sonora, com 17 mulheres (35,4%, seguido de Sidrolândia com 34% dos concorrentes do sexo feminino. Outras cidades com bom percentual são Rio Brilhante, Mundo Novo, Dourados e Coronel Sapucaia.
Em Dois Irmãos do Buriti, Taquarussu e Jateí estão os menores percentuais de participação. Respectivamente 14,5%; 13,3% e 11% dos candidatos à Câmara Municipal são mulheres.
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho