Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
ENEM

MEC pagará 128 mi ao consórcio Cespe/Cesgranrio para aplicação do Enem

20 Ago 2010 - 05h26Por Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) vai pagar ao consórcio Cespe/Cesgranrio R$ 128,5 milhões pela aplicação e correção das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010. Amanhã (20) o Diário Oficial da União publicará a dispensa de licitação para contratação das duas prestadoras de serviço. O contrato ainda não foi assinado, o que deve ocorrer nos próximos dias.

O custo será de R$ 27,87 para cada um dos 4,6 milhões dos candidatos inscritos. Segundo o MEC, houve um aumento de 28% em relação ao contrato firmado no ano passado com o mesmo consório. O Cespe e a Cesgranrio foram chamados para assumir a aplicação do Enem em 2009 depois que a prova foi furtada de dentro da gráfica que imprimia o material e o exame teve que ser adiado.

De acordo com o MEC, o aumento se deve “à ampliação do número de inscritos neste ano, reforço na contratação de pessoal que funcionará como apoio nas unidades de aplicação e atualização monetária”.

Além dos valores que serão pagos ao consórcio para a aplicação e correção do Enem, os Correios já foram contratados por R$ 18 milhões para garantir a logística e distribuição das provas, que serão aplicadas nos dias 6 e 7 de novembro.

Assim como ocorreu na edição do ano passado, depois que a prova foi furtada, a Polícia Federal, as Forças Armadas e as polícias militares de cada estado serão encarregadas da segurança no deslocamento das provas até os locais de aplicação.

Ainda está pendente a escolha da gráfica que vai imprimir o material. Hoje, a 2ª Vara de Justiça Federal considerou ilegal a desclassificação da Gráfica Plural, que tinha apresentado o menor preço, mas foi excluída do processo pelo MEC por não cumprir requisitos de segurança.

A Gráfica Plural imprimiu as provas do Enem 2009 e foi de lá que elas foram furtadas às vésperas da realização do exame. Com a decisão, o MEC disse que dará prosseguimento às próximas etapas da licitação e reforçou que o cronograma de execução do Enem “está sendo cumprido”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'