Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

MEC insulta cultura do Brasil ao banir obra de Monteiro Lobato

5 Nov 2010 - 08h04Por OAB

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, cobrou hoje (04) que o Ministério da Educação reveja imediatamente a decisão de banir das escolas públicas brasileiras a leitura do livro "Caçadas de Pedrinho", de Monteiro Lobato, por considerá-lo racista.

"O Ministério da Educação precisa rever essa decisão e deve desculpas ao País, não sendo aceitável que apresente uma mera justificativa", afirmou Ophir ao discursar na solenidade de entrega do prêmio Francisco Cunha Pereira Filho, na sede da OAB Paraná, em Curitiba. Na ocasião, Ophir ministrou palestra sobre "Liberdade de Expressão no Estado Democrático de Direito".

Ophir mostrou-se indignado em razão do conteúdo da obra que retrata as aventuras de Narizinho, Tia Anastácia, Dona Benta, Emília e o Visconde de Sabugosa ter sido considerado preconceituoso e racista. "Nós que nos sentimos filhos literários do autor do Sítio do Pica-Pau Amarelo, cuja sensibilidade indicou que um País se faz com homens e livros, não podemos aceitar tamanho absurdo", afirmou o presidente da OAB para a platéia de advogados e jornalistas. "É um duplo insulto: à cultura nacional e à memória de um grande brasileiro", finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara