Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

MEC e OAB se unem para garantir a qualidade dos cursos

13 Jul 2004 - 10h13

O Ministério da Educação (MEC) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vão criar um grupo de trabalho para estudar formas de garantir a qualidade dos cursos de Direito nop aís. Hoje, o presidente da Comissão de Ensino Jurídico da OAB, Paulo Roberto Medina, esteve reunido com o ministro da Educação, Tarso Genro, para definir como será realizado o trabalho do grupo. "O curso pode ser muito bom, mas tem que ter relevância social", ressaltou o ministro.

Dados da OAB mostram que dos 222 pedidos aprovados pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), apenas 18 contaram com o aval da entidade. “A fiscalização, tanto na abertura, quanto no acompanhamento dos cursos é fundamental para garantir a qualidade”, afirmou Medina.

Para evitar a expansão indevida de cursos, o MEC suspendeu a autorização nas áreas de Medicina, Direito, Odontologia e Psicologia em maio. A portaria tem validade até novembro, quando o ministério pretende concluir os trabalhos do grupo e apresentá-lo à sociedade, juntamente, com o texto da Reforma Universitária.

Conforme as novas regras do MEC, Tarso também anunciou a abertura de outros três cursos de Medicina: dois em João Pessoa (PB) e um em Teresina (PI). Para autorização de abertura das faculdades foi levada em conta a relevância social do curso em cada região, além da relação entre o número de profissionais e moradores em cada cidade. São 60 vagas na Faculdade Nova Esperança e mais 80 na Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba e 100 vagas na Faculdade de Ciências Médicas e Humanas do Piauí.

Segundo o ministro, o MEC terá, ainda, autonomia para definir a quantidade de vagas, que nem sempre irá corresponderá ao número solicitado pelas instituições. Foi o caso dos cursos na Paraíba, que solicitaram 80 e 100 vagas e ficaram com 60 e 80 vagas, respectivamente. Com as autorizações dadas nesta ontem já são quatro cursos de Direito e cinco de Medicina. “Esses critérios regulatórios nos autorizam a liberar um número menor de vagas”, informou o ministro.

 

Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
Cinco casamentos agitam fim de 'A dona do pedaço'
PROCURADO
Interpol emite alerta vermelho para prender ator acusado de estupro que fugiu para o Brasil
ESPORTE
Os maiores ídolos da Fórmula 1
FÁTIMA DO SUL - NATAL NA CACAU SHOW
Já é Natal na Cacau Show, confira e faça sua reserva dos deliciosos panettones em Fátima do Sul
OBESIDADE MORBIDA
Mulher de 230 quilos pede ajuda: ‘Está muito difícil minha vida’
EXECUÇÃO
Adolescente grávida tem residência invadida e executada com vários disparos
TATUAGENS
Influenciadoras ganham dinheiro exibindo tatuagens para fãs
TECNOLOGIA
Conheça o Xiaomi Mi Note 10, lançamento chinês com câmera quíntupla
Brasil
Chuvas causam deixam mais de 500 desabrigados
TECNOLOGIA - SE LIGA AÍ
Celulares pré-pagos de 17 Estados devem ser recadastrados até segunda-feira