Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 22 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

MEC capacita diretores de escolas a partir de outubro

28 Jul 2004 - 15h28

Para responder à necessidade de capacitação de dirigentes escolares, identificada em diagnósticos e pesquisas, e atendendo orientação do ministro Tarso Genro, as Secretarias de Educação Básica (SEB) e de Educação à Distância (SEED) do MEC e o Fundo de Fortalecimento da Escola (Fundescola) lançam, em outubro deste ano, o Programa de Capacitação de Diretores de Escolas.

O programa, que também tem a parceria do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), trará a Brasília, por três dias, 54 diretores – dois por estado –, para a composição de um grupo de trabalho ampliado. O grupo avaliará os conteúdos do programa a ser lançado como piloto em três estados no primeiro semestre do ano que vem. “Planejamos capacitar quatro mil diretores em 2005 e 47 mil em 2006”, disse Lia Scholze, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). “O programa é estratégico dentro de um projeto de país, pois capacitará diretores escolares para um bom gerenciamento institucional. Sendo 2005 o Ano da Educação, estamos certos de que esta iniciativa irá contribuir para a melhoria dos níveis da qualidade do ensino no Brasil”, conclui Lia.

Pesquisa – A preocupação com a qualidade da gestão escolar ocupa cada vez mais espaço na agenda dos pesquisadores do País. O programa de pós-graduação da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília (UnB) tem atuado nesse sentido. Em abril, aprovou o projeto de pesquisa e a dissertação de mestrado de autoria da professora Silêda Maria Holanda de Souza Almeida, que tem como título Competências para uma gestão escolar de qualidade: a visão de diretores de Centros de Ensino Médio do DF.

Para uma competente direção escolar, segundo a professora Silêda, o dirigente deve aliar “conhecimento e formação, habilidades práticas, atitude e flexibilidade”. Para a orientadora da pesquisa, professora Eda Castro Lucas de Souza, “os próprios diretores não se sentem capacitados. É preciso valorizar o processo de gestão escolar agregando qualidade ao exercício da direção, promovendo um ambiente escolar apropriado e criando um clima organizacional propício à aprendizagem”.


Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Jovem que se jogou da ponte foi encontrado por pescador
MUITO TRISTE
Adolescente perde luta para o câncer e comove toda cidade
TRAGÉDIA
Neto de empresário de transportes morre atropelado por funcionário
CRUELDADE
Criança que estava desaparecida é encontrada morta. Padrasto confessou o crime
BARBÁRIE
Apos perder filha com câncer professora envolve com drogas e é assassinada
DESEMPREGO
Toyota anuncia fim do terceiro turno e demissões em Sorocaba e Porto Feliz
ABUSO SEXUAL
Famílias de jovens abusados sexualmente em estação fazem acordo com Supervia
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Lyris ameaça Agno e faz escândalo dizendo que ele é gay
FAMOSIDADES
Mulher de Eduardo Bolsonaro desativa conta no instagram em meio a polêmica com o marido
CONCURSOS
Ao menos 12 órgãos abrem inscrições para preencher quase 800 vagas