Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

MEC capacita diretores de escolas a partir de outubro

28 Jul 2004 - 15h28

Para responder à necessidade de capacitação de dirigentes escolares, identificada em diagnósticos e pesquisas, e atendendo orientação do ministro Tarso Genro, as Secretarias de Educação Básica (SEB) e de Educação à Distância (SEED) do MEC e o Fundo de Fortalecimento da Escola (Fundescola) lançam, em outubro deste ano, o Programa de Capacitação de Diretores de Escolas.

O programa, que também tem a parceria do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), trará a Brasília, por três dias, 54 diretores – dois por estado –, para a composição de um grupo de trabalho ampliado. O grupo avaliará os conteúdos do programa a ser lançado como piloto em três estados no primeiro semestre do ano que vem. “Planejamos capacitar quatro mil diretores em 2005 e 47 mil em 2006”, disse Lia Scholze, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). “O programa é estratégico dentro de um projeto de país, pois capacitará diretores escolares para um bom gerenciamento institucional. Sendo 2005 o Ano da Educação, estamos certos de que esta iniciativa irá contribuir para a melhoria dos níveis da qualidade do ensino no Brasil”, conclui Lia.

Pesquisa – A preocupação com a qualidade da gestão escolar ocupa cada vez mais espaço na agenda dos pesquisadores do País. O programa de pós-graduação da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília (UnB) tem atuado nesse sentido. Em abril, aprovou o projeto de pesquisa e a dissertação de mestrado de autoria da professora Silêda Maria Holanda de Souza Almeida, que tem como título Competências para uma gestão escolar de qualidade: a visão de diretores de Centros de Ensino Médio do DF.

Para uma competente direção escolar, segundo a professora Silêda, o dirigente deve aliar “conhecimento e formação, habilidades práticas, atitude e flexibilidade”. Para a orientadora da pesquisa, professora Eda Castro Lucas de Souza, “os próprios diretores não se sentem capacitados. É preciso valorizar o processo de gestão escolar agregando qualidade ao exercício da direção, promovendo um ambiente escolar apropriado e criando um clima organizacional propício à aprendizagem”.


Deixe seu Comentário

Leia Também

ATENTADO
Casa de deputado é atacada com pelo menos 30 tiros de fuzil
SUPERAÇÃO
Ser diagnosticado 5 vezes com câncer em 15 anos não foi capaz de parar campeão paralímpico
SUSTO
Palco de Gusttavo Lima pega fogo durante show em Pernambuco
É MUITO PLÁSTICO
Brasil produz mais de 11 milhões de toneladas de lixo plástico
CASOS RAROS
Duas crianças morrem em uma semana, após sofrer AVC, preocupa classe médica
REALITY SHOW 2020
Participante do BBB20, médica sugeriu que mataria Dilma “em seu plantão”
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Três crianças morrem e uma mulher fica ferida durante incêndio em casarão
ESPORTE 2020
Opção de 'Cashout' atrai apostadores iniciantes
FUTEBOL 2020
Coritiba anuncia novo patrocinador máster para 2020
DOENÇA INFECCIOSA
Presos que estavam sendo 'comidos vivos' por doença são internados