Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 14 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Máxima de Dourados abriga 25 detentos indígenas

6 Jul 2004 - 14h17
 

A maioria dos 25 detentos índios  que cumprem pena na PHAC (Penitenciária Harry Amorin Costa)  foi condenada por prática  de crimes  hediondos, como estupro e atentado violento ao pudor e, em menor número, de crimes comuns como homicídios e roubos. A dificuldade de compreensão da língua portuguesa e a excessiva formalidade do judiciário, aliados à falta de acompanhamento processual, como fatores que prejudicam os índios nas questões que chegam aos tribunais.

As dificuldades começam e são maiores, segundo levantamento feito para a Secretaria Geral da Presidência da República junto a órgãos públicos, instituições e aldeias da região, durante as audiências de instrução dos processos judiciais. ‘’Na grande maioria das vezes o indígena, assustado por regras como ‘’O senhor pode ser preso por falso testemunho se faltar com a verdade’’, fica quieto durante toda a audiência’’, afirma o documento.

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO VULNERÁVEL
Criança desabafa com amiga de classe que era estuprada por padrasto; ele está foragido
CABRA MACHO
Exigência de masculinidade: edital de concurso da PMPR causa polêmica
FAMOSIDADES
Silvio Santos reclama da filha: 'Patrícia não faz nada e ganha um belo salário'
BELEZA
Piauiense que venceu Miss Brasil Mundo 2018 diz que já passou fome e teve preparação forte
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Beto pede separação a Karola e vilã finge aceitar
NOVELA DA RECORD
Jesus enfrenta o Satanás no deserto.
FÁTIMA DO SUL - DIA DOS PAIS É NO O BOTICÁRIO
O Boticário ficará aberto neste sábado até às 15h, confira as promoções Dia dos Pais em Fátima do Su
CRUELDADE
Câmeras flagram mulher que abandonou bebê em lixeira de banheiro; veja o vídeo
MOTIVO FUTIL
Homem teria assassinado namorada após ser chamado de "chifrudo"
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
PF reabre inscrições para concurso e adia a data da prova