Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 28 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Máxima de Dourados abriga 25 detentos indígenas

6 Jul 2004 - 14h17
 

A maioria dos 25 detentos índios  que cumprem pena na PHAC (Penitenciária Harry Amorin Costa)  foi condenada por prática  de crimes  hediondos, como estupro e atentado violento ao pudor e, em menor número, de crimes comuns como homicídios e roubos. A dificuldade de compreensão da língua portuguesa e a excessiva formalidade do judiciário, aliados à falta de acompanhamento processual, como fatores que prejudicam os índios nas questões que chegam aos tribunais.

As dificuldades começam e são maiores, segundo levantamento feito para a Secretaria Geral da Presidência da República junto a órgãos públicos, instituições e aldeias da região, durante as audiências de instrução dos processos judiciais. ‘’Na grande maioria das vezes o indígena, assustado por regras como ‘’O senhor pode ser preso por falso testemunho se faltar com a verdade’’, fica quieto durante toda a audiência’’, afirma o documento.

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMOÇÃO
Morte de cinco pessoas afogadas da mesma familia comove e cidade e tem luto oficial
DOENÇA DO SÉCULO
Brasileiro comete suicídio nos Estados Unidos e família pede ajuda para trazer o corpo
INUSITADO
Vaca invade farmácia e depois cai em córrego, dando trabalho aos bombeiros
JUSTIÇA FEITA
Viúva de Gugu ganha na Justiça direito a pensão de R$ 100 mil por mês
FAMOSIDADES
Baile funk na casa de Ludmilla teve rapper Tyga, mulheres fio dental e policia na porta
HOMICIDIO
Jovem mata a mãe e esconde cadáver em poço
PROUNI
MEC suspende inscrições do ProUni por tempo indeterminado
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Cinco pessoas de uma mesma família morrem afogadas em rio
AÇÃO CRIMINOSA
Mecânico embriagado atropela 17 pessoas matando duas
FAMOSIDADES
Ana Maria Braga revela que foi diagnosticada com câncer de pulmão novamente