MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 10 de Dezembro de 2017
RIO_DOURADOS
19 de Março de 2007 08h28

Massa se diz frustrado com estréia na temporada 2007 da F-1

A feição de Felipe Massa ao cruzar rapidamente o paddock do Albert Park rumo aos boxes da Ferrari já dizia tudo. O Mundial de F-1 não havia começado como ele tinha planejado. Muito menos como havia sonhado.Não bastasse o sexto lugar no GP da Austrália, abertura da temporada, o brasileiro ainda viu seu dois maiores rivais na disputa pelo título subirem nos lugares mais altos do pódio.

Kimi Raikkonen, seu companheiro na Ferrari, venceu a corrida com tranqüilidade. O bicampeão Fernando Alonso, agora na McLaren, veio logo atrás. O novato Lewis Hamilton ficou na terceira posição.

"Não era o que eu tinha na cabeça. Mas fiz o que tinha que fazer, somar o máximo de pontos, porque eles podem ser muito importantes mais para a frente", disse. "Agora é ajustar tudo para o futuro e tentar ótimos resultados", completou.

O domingo só não foi pior para o brasileiro devido aos percalços que ele enfrentou no treino classificatório --sua Ferrari teve problemas no câmbio, ele não conseguiu marcar tempo e ficou em 16º no grid. Sem ter muito a perder, a escuderia italiana resolveu trocar o motor do carro do brasileiro. Resultado: Massa foi obrigado a largar em último e teve de fazer uma prova de recuperação.

Aos poucos, foi ultrapassando quem estava à frente. Uma das poucas emoções da corrida, que transcorreu sem surpresas. Na largada, Raikkonen, o pole, permaneceu na dianteira -e logo disparou. Hamilton, quarto no grid, largou de maneira espetacular e já na primeira curva conseguiu tomar a frente do colega de McLaren, Alonso. No pelotão do fundo e com mais combustível devido à estratégia da Ferrari, Massa completou a primeira volta em 18º.

Sem ninguém à frente, o finlandês abriu boa vantagem sobre Hamilton e Alonso. Com dez voltas, já tinha 8s164 de folga. E Massa perdia tempo atrás dos Hondas de Jenson Button e Rubens Barrichello. A primeira rodada de pit stops não alterou a ordem dos três primeiros. Raikkonen continuou pisando e deslanchou.

Com uma estratégia diferente, Massa parou uma única vez. "Foi uma escolha acertada. A gente sabia que eu enfrentaria trânsito e era melhor estar com um carro pesado nesta parte da corrida", afirmou ele, que voltou à pista em décimo e, após 16 giros, alcançou o sexto lugar.

A segunda janela de paradas desenhou o pódio. Raikkonen foi o primeiro a fazer o pit stop, seguido por Hamilton. Alonso deu duas voltas e, depois de fazer sua parada, voltou à frente do parceiro de McLaren. Massa ainda conseguiu encostar em Giancarlo Fisichella no final da prova, mas não conseguiu a ultrapassagem.

"Não estou contente pelo que aconteceu. Mas, depois de tudo, saio com a cabeça erguida. Fiz uma excelente corrida, era difícil fazer algo melhor", declarou o brasileiro. "O importante é que mostrei que tenho um bom carro, estou num bom ritmo e numa boa fase", completou.

Depois de cinco participações, foi a primeira vez que o brasileiro marcou pontos na Austrália. Antes, sua melhor colocação havia sido um décimo lugar. Nas outras três ocasiões, nem completou.

"Tenho certeza de que vou ser muito competitivo nas próximas corridas", falou o ferrarista. Se depender de seu retrospecto na Malásia, próxima etapa do Mundial, no dia 8, Massa tem motivos para se animar. Foi lá que ele conseguiu seus primeiros pontos na F-1, em 2002, pela Sauber, em sua segunda corrida na categoria.

 

 

 

Folha Online

Comentários
Veja Também
pupa
FÁBRICA_CALÇADOS
LÉO_GÁS_300
Últimas Notícias
  
LÉO_GÁS_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.