Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 18 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Marisa Serrano presidirá comissão do Parlamento do Mercosul

5 Set 2007 - 10h44

A senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) será a presidente da Comissão de Educação, Cultura, Ciência, Tecnologia e Esportes do Parlamento do Mercosul. Seu nome foi indicado na manhã desta terça-feira (4) pela delegação brasileira, durante a quinta sessão ordinária do Parlamento, que ocorre em Montevidéu. Marisa Serrano deverá ser eleita para o cargo na primeira reunião da comissão, ainda sem data marcada.

Também foram indicados pela delegação brasileira os nomes dos deputados Cezar Schirmer (PMDB-RS) para a presidência da Comissão de Assuntos Econômicos, Financeiros, Comerciais, Fiscais e Monetários; e José Paulo Toffano (PV-SP), para a presidência da Comissão de Desenvolvimento Regional Sustentável, Ordenamento Territorial, Habitação, Saúde, Meio Ambiente e Turismo.

Apenas duas comissões deverão ser mantidas de forma permanente pela delegação brasileira. Uma outra - provavelmente a de Desenvolvimento Regional - será presidida por um parlamentar da Venezuela assim que esse país, atualmente um sócio em processo de adesão, for considerado integrante permanente do bloco. Para isso, ainda é necessária a aprovação do protocolo de adesão da Venezuela pelos Parlamentos do Brasil e do Paraguai.

A distribuição das comissões permanentes entre os quatro atuais membros plenos do Parlamento - Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai - foi decidida em uma longa reunião ocorrida na noite de segunda-feira (3), logo depois da primeira parte da quinta sessão ordinária. Alem do Brasil, o Uruguai também ficará inicialmente com as presidências de três comissões e cederá uma a Venezuela em seguida.

A delegação argentina ficará com as presidências da Comissão de Assuntos Jurídicos e Institucionais e da Comissão de Trabalho, Políticas de Emprego, Seguridade Social e Economia Social. O Paraguai comandará a Comissão de Assuntos Internacionais, Inter-Regionais e de Planejamento Estratégico e a Comissão de Orçamento e Assuntos Internos. E o Uruguai terá as presidências da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, da Comissão de Assuntos Interiores, Segurança e Defesa e da Comissão de Infra-Estrutura, Transportes, Recursos Energéticos e Agricultura, Pecuária e Pesca.

Durante a manhã desta terça-feira, foram feitos pequenos pronunciamentos. Um dos que usaram a palavra foi o vice-presidente brasileiro do Parlamento do Mercosul, deputado Dr. Rosinha (PT-PR). Na sua opinião, os temas mais freqüentes nos pronunciamentos - como a liberdade de imprensa e as desigualdades regionais - mostram a necessidade de um foro de debate regional.

A próxima sessão ordinária do Parlamento do Mercosul será no dia 1º de outubro.

 

 

Agência Senado

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Gabriel se declara para Luz e os dois se beijam
MULHERES TEM QUE DENUNCIAR
Jovem posta foto com rosto inchado para denunciar agressão do namorado
ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto