Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Marisa quer viabilizar projeto que desonera setor produtivo

10 Ago 2007 - 16h26
Campo Grande, MS – A senadora Marisa Serrano afirmou ontem (10/08) em Campo Grande que vai acompanhar com “ atenção redobrada” a tramitação do projeto de lei que apresentou no senado propondo a redução da carga tributária para o setor agropecuário, que a partir da próxima semana estará sendo analisada pela Comissão de Assuntos Econômicos da Casa.
“Trata-se de uma reivindicação importante do setor produtivo e temos que atende-lo de qualquer maneira se quisermos ver o Brasil crescer significativamente nos próximos anos” afirmou a senadora Sul-mato-grossense.
Vendas e importações de máquinas, equipamentos, aparelhos, instrumentos e materiais de construção utilizados na produção rural poderão, de acordo com a proposta apresentada, ficar isentos do pagamento da contribuição para o Programa de Integração Social (PIS) e para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), além da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).
O passo decisivo para a redução da carga tributária na agricultura foi dado na última quarta-feira (08/08) depois que os membros da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) aprovaram parecer do senador João Durval (PDT-BA) a projeto de lei da senadora  Marisa Serrano (PSDB-MS) desonerando o setor.
O projeto (PLS 278/07) segue agora para análise da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) onde será votado em decisão terminativa. O senador Sibá Machado (PT-AC) anunciou que, na CAE, irá solicitar que ele  seja designado relator da matéria.
Para Marisa, o projeto tem por meta estimular os investimentos no setor agrícola brasileiro. A seu ver, os produtores rurais enfrentam sérias dificuldades, em virtude, conforme assegurou acreditar, do aumento da carga tributária. E lembrou que optou pela desoneração da contribuição para o PIS/PASEP e da Cofins por serem tributos não compartilhados com estados e municípios.
O relator, senador João Durval, foi claro: o projeto - caso seja transformado em lei - trará grande contribuição à agricultura brasileira, já que irá desonerar as cadeias produtivas. O relator observou ainda que a agropecuária, com reflexos no agronegócio, é um dos setores da economia mais afetados pelo aumento da carga tributária.
 
 
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos