Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Marido agride mulher e é morto por cão em SP

28 Set 2004 - 09h54
Um homem tentou agredir sua mulher e acabou morto por um cachorro da raça Rottweiler em São Paulo. Renato Danesi Neto, de 55 anos, foi atacado pelo seu cão de guarda no bairro Jardim Aricanduva, zona leste da capital.

De acordo com a Rádio CBN, chegou em sua casa por volta das 3 horas e começou a discutir com sua mulher Valéria Bernadete Danesi, de 51 anos. A Polícia Militar, que investiga o caso, informou que ambos eram alcoólatras.

Renato passou a agredir Valéria. O Rottweiler do casal partiu em defesa da mulher. Neto foi encontrado morto no banheiro. A filha do casal, Renata Adriana Danesi, declarou aos policiais que sempre que o pai agredia sua mãe, o cachorro a defendia. O Rottweiler foi encaminhado ao Centro de Controle de Zoonoses.
 

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTRETENIMENTO - SAÚDE
Padre Fábio de Melo sofre da síndrome do pânico e fala como administra a doença
NOVELA GLOBAL
'Segundo Sol': Laureta revela para a família de Rosa que ela é prostituta
GOVENO NÃO CUMPRE
Caminhoneiros anunciam nova paralisação, mas trabalhadores de MS não devem participar
RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru