Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Maracanã vai receber 5,6 mil atletas na abertura do Pan

13 Jul 2007 - 14h36

O estádio mais famoso do Brasil vai abrigar 95 mil pessoas na tarde desta sexta-feira (13), no Rio de Janeiro. A platéia, desta vez, não será testemunha dos dribles e gols de jogadores de futebol. O esporte que tornou o Maracanã conhecido em todo o mundo vai ser apenas um dos convidados do evento do dia, a cerimônia de abertura dos Jogos Panamericanos de 2007.

Os números da festa, comandada pela carnavalesca Rosa Magalhães, são altos: 4.500 mil voluntários, treinados por uma equipe de cinco coreógrafos vão desfilar 5.365 fantasias e 155 alegorias. A iluminação será produzida por um jogo de mil luzes, movidas por computador. Haverá ainda 11 mil disparos de fogos de artifício de 127 pontos. Ao todo, serão 2 horas e 40 minutos de show.

A pira oficial, feita de alumínio, tem 6 metros de diâmetro, outros 6 metros de altura e pesa cinco toneladas. Ela será acesa com a tocha dos jogos, que percorreu 50 cidades do Brasil. Para manter a pira acesa durante a festa de abertura, serão queimados 750kg de gás líquido de petróleo, a uma temperatura que varia entre 100 e 400 graus.

O desfile das delegações vai ser aberto pela Argentina, que sediou a primeira edição dos Jogos Panamericanos, em 1951. Depois, segue em ordem alfabética. Os brasileiros encerram a apresentação, com o maratonista Vanderlei Cordeiro, medalha de ouro nas Olimpíadas de Atenas, levando a bandeira do país.

A festa, marcada para as 17h, dará a largada a uma jornada de dezesseis dias, que vai reunir mais de 5.600 atletas, vindos de 42 países das Américas. Todos disputam a vitória ou a melhor marca em 41 modalidades esportivas diferentes, em quadras, pistas, campos e piscinas.

Catorze edições

Esta será a décima quarta edição do Panamericano e a segunda em que o Brasil é o país-sede dos jogos. Em 1963, as competições foram realizadas em São Paulo. Em mais de meio século de história, apenas a Cidade do México e Winnipeg, no Canadá, sediaram o Pan duas vezes.

No quadro de medalhas das treze edições anteriores, os Estados Unidos são líderes absolutos: têm 3.688 medalhas, contra 1.658 de Cuba, 1.439 do Canadá e 840 da Argentina. O Brasil aparece em quinto, com 767 medalhas.

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai