Menu
SADER_FULL
segunda, 19 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Mapa quer aumentar recolhimento de embalagem de agrotóxico

8 Out 2004 - 07h55
 

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, e o presidente do Inpev (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos), João César Rando, lançam hoje em Brasília (DF), a campanha educativa “A Natureza Precisa de Você”. O evento será às 8h (horário de Mato Grosso do Sul), no Salão de Atos do edifício-sede do ministério em Brasília, e marcará o início da veiculação de filmes, spots de rádios, anúncios em jornais e revistas.

O objetivo é conscientizar os agricultores sobre aos procedimentos corretos de lavagem e devolução das embalagens de defensivos agrícolas, conforme determina a lei federal 9.974/00. A campanha terá duas etapas: “Lave-me” e “Devolva-me”, dirigidas à educação de produtores rurais. A primeira fase, com o slogan “É simples. É fácil. É lei”, começa a ser veiculada já neste mês de outubro devido ao período de aplicação de agrotóxicos na safra de verão e momento adequado para a lavagem das embalagens. A segunda parte da campanha, que aborda o processo de devolução dos recipientes, será lançada no ano que vem.

Segundo o Inpev, o Brasil já conseguiu uma expressiva evolução do recolhimento nos últimos dois anos. Em 2002, foram recolhidas 3.700 toneladas de embalagens; em 2003, mais 7.800 toneladas; e este ano, entre janeiro a agosto, os produtores já devolveram mais de 10.400 toneladas. A expectativa do instituto é de fechar o ano com mais de 15.300 toneladas, o que representa mais de 60% do volume de embalagens de agrotóxicos colocados no mercado.

Responsáveis pelos maiores índices de recolhimento do país, Paraná, Mato Grosso e São Paulo retornaram 61,2% do total recolhido no Brasil este ano. Os agricultores desses Estados devolveram, respectivamente, 2.465, 2.200 e 1.692 toneladas de embalagens dos defensivos agrícolas utilizados até agosto.

Atualmente, o Inpev contabiliza 265 Unidades de Recebimento espalhadas em todo o território nacional, ou seja, mais de 80 mil metros quadrados de área construída e ambientalmente silenciada para o recolhimento. Até fim do ano, o país deverá contar com cerca de 300 unidades.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINENSE DE CORAÇÃO
Após 30 anos dividindo palco, Erika Figueiredo aposta no solo e lança clipe, ASSISTA
SIAMESAS
Mulher dá à luz gêmeas siamesas de 3,700KG as duas
ACIDENTE DE TRABALHO
Homem morre ao ser puxado por colheitadeira quando fazia limpeza
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Cansada de apanhar mulher desfere golpes de faca em companheiro
POLICIAIS CORRUPTOS
PMs são denunciados por ligação com tráfico; bandidos fizeram foto em caveirão
NOVELA GLOBAL
Camilo descobre segredo de Chiclete e Vivi em 'A dona do pedaço'
LIBERADO
PIS/Pasep para nascidos em agosto já está liberado
ALUCIENÓGENO
Video: Vovó fica doidona ao provar acidentalmente maconha do neto
TARADO AGIU NA IGREJA
Homem é preso após abusar de criança de 4 anos dentro de igreja
CRUELDADE
Adolescente que estava desaparecido foi brutalmente assassinado e queimado