Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CONTAINER
Brasil

Mapa discute programa para controlar bicudo-do-algodoeiro

7 Mai 2007 - 17h45

O MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) vai promover amanhã e quata-feira (08 e 09/05), no Address Hotel Résidence, em Goiânia, um encontro para discutir o Programa Nacional de Controle do Bicudo-do-algodoeiro. Durante o evento - que contará com a participação de representantes do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), consultores internacionais, pesquisadores e técnicos do Mapa - serão definidas as principais linhas de ação para o combate e controle da praga, que ataca a maçã do algodoeiro, provocando prejuízos significativos aos produtores brasileiros.

Segundo o diretor do Departamento de Sanidade Vegetal (DSV) do Mapa, Girabis Evangelista Ramos, que abrirá o encontro, representantes dos 15 estados produtores (MT, MS, GO, TO, MA, PI, CE, RN, PB, PE, BA, AL, MG, PR e SP) farão um balanço da incidência do Bicudo, sugerindo adaptações do programa às suas respectivas regiões.

Para o coordenador-geral de Proteção de Plantas, do Departamento de Sanidade Vegetal do Mapa, José Geraldo Baldini Ribeiro, o Programa visa traçar diretrizes para o combate ao Bicudo em parceria com os estados e iniciativa privada, possibilitando, a médio e longo prazos, a erradicação da praga no Brasil, a exemplo do que ocorre nos Estados Unidos, que já possui regiões livres do Bicudo.

Os esforços do Mapa e dos produtores visam proteger uma cultura que já ocupa área superior a 1,1 milhão de hectares e que deverá produzir nesta safra (2006/07) mais de 1,4 milhão de toneladas de plumas.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'